ÁGUA BOA

Mato Grosso

Governo investe R$ 12 milhões na compra de novas pistolas para tropa da PM

Publicado em

Mato Grosso


O Governo de Mato Grosso autorizou a compra de mais seis mil novas armas de fogo calibre 9 mm para a Polícia Militar. O investimento de mais de R$ 12 milhões na plataforma bélica da instituição permitirá que todos os policiais militares possuam uma das pistolas mais modernas, duráveis, seguras e adequadas para o exercício da atividade.

No ano de 2020, o governador Mauro Mendes já havia entregue mais de 1.300 novas pistolas 9 mm Glock para parte da tropa da PM. Agora, com o investimento destinado exclusivamente para o setor bélico da Polícia Militar, os policiais deixarão no passado o uso da pistola calibre 40.

O comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, ressalta que o investimento é uma virada de chave na história da instituição.

“É um grande esforço do Governo do Estado, uma ‘virada de chave’ do material bélico institucional. Não é apenas uma arma nova: é a padronização de procedimentos, redução de custos e modernização da tropa. Os policiais terão a mesma arma, com o mesmo calibre e a mesma capacidade técnica. Todos os nossos mais de 7 mil policiais terão armamento portátil, com cautela permanente. Esse investimento faz toda a diferença, pois o policial estará bem armado e bem preparado para atuar em todo Estado”, explica o coronel.

Leia Também:  Mato Grosso recebe 102.340 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta sexta-feira (24)

Com a aquisição do armamento de ponta, os policiais que já receberam a nova pistola tiveram que passar por capacitações e treinamentos para melhor aproveitamento do equipamento.

O superintendente de Planejamento, Orçamento e Finanças da PM (SPOF), tenente-coronel Fernando Santiago, pontua que os estudos para a mudança da plataforma bélica iniciaram ainda em 2016, mas só a partir de 2020, que o governo estadual priorizou o processo de compra para todos os policiais militares.

“Essa série de estudos nos proporcionou auxiliar o governador a adquirir o que há de mais moderno para as Forças de Segurança. Essa nova aquisição, de seis mil novas pistolas, consolida a padronização de armas que reduzem gastos com manutenção e eleva ainda mais o nível do nosso policiamento”, conta o superintendente.  

Os estudos técnicos realizados pela PM apontam que a pistola 9mm oferece mais facilidade no manuseamento e manutenção.

O processo licitatório de compra das armas já foi realizado e o contrato está em processo de execução. A entrega das novas pistolas está prevista para o primeiro trimestre de 2022.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Técnicos do Ministério da Saúde realizam pesquisa em diversos bairros de Cuiabá e Várzea Grande

Publicados

em


Técnicos de laboratórios contratados pelo Ministério da Saúde realizam, até o dia 10 de outubro, nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande, a segunda fase da pesquisa de prevalência de infecção por Covid-19. Os profissionais devem percorrer 21 bairros e coletar material biológico da população com o objetivo de mensurar a quantidade de pessoas que já tiveram contato com o coronavírus.

A equipe de pesquisadores estará em Cuiabá e visitará os bairros Jardim Fortaleza, Pedra 90, Alvorada, Lixeira, Jardim Nossa Senhora Aparecida, Dom Aquino, Cophamil, Jardim Universitário, Campo Velho e Bandeirantes.

A equipe também estará em Várzea Grande, nos bairros Cristo Rei, Residencial Flor do Ipê, Residencial Aurilia Curvo, Jardim União, Princesa do Sol, Helio Ponce, Maringá II, Jardim Costa Verde, Jardim Imperador, Jardim Eldorado e Construmate.

Além de Cuiabá e Várzea Grande, os profissionais realizarão visitas na zona rural de Santo Antônio de Leverger.

As visitas ocorrem de segunda a domingo, de dia e também à noite. Durante as visitas, as equipes do laboratório estarão devidamente uniformizadas e identificadas. Serão realizadas perguntas sobre renda, raça/cor, escolaridade, idade e estado civil. O objetivo também é entender a situação sociodemográfica da população.

Leia Também:  Projeto aprovado no edital da Secel oferece curso gratuito sobre Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

Este é um estudo transversal que vai medir a prevalência dos anticorpos IGG da Covid-19 na população por meio da análise sorológica. Para isso, serão coletadas duas amostras de sangue, uma para analisar o IGG e outra para compor o biobanco da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 

“É importante destacar que a população deve cooperar e autorizar a entrada dos profissionais identificados com crachá para fazer a coleta de sangue, para dessa forma sabermos a porcentagem da população que já está com imunidade para Covid-19”, reforça a articuladora da pesquisa no Estado, Samia Nadaf.

Sobre a pesquisa

A Pesquisa de Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil (PrevCov) é realizada pelo Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) em diversos estados brasileiros. O Estado auxiliará na divulgação da ação e na articulação, se necessário, junto aos municípios. 

Em Mato Grosso, o Governo Federal selecionou os municípios de Cuiabá, Santo Antônio do Leverger e Várzea Grande para participarem do estudo.

Esta é a segunda fase do estudo. Na primeira fase, o Ministério da Saúde ligou para as pessoas residentes dos municípios selecionados para agendar e realizar a coleta. Nesta segunda etapa, a equipe vai até a casa das pessoas selecionadas cujo agendamento não foi realizado porque não foi possível fazer contato telefônico. A expectativa é de que esta última etapa do estudo seja concluída até o dia 30 de setembro totalizando 1.233 casas visitadas e 4.193 coletadas realizadas em Mato Grosso.

Leia Também:  Lei Seca remove 31 carros e 6 motocicletas em operação na Avenida da FEB

A pesquisa tem a autorização da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) e do Comitê de Ética de Pesquisa da Opas Washington. O estudo é promovido por meio do comitê de governança composto pelo Ministério da Saúde, Opas, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Fiocruz.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA