ÁGUA BOA

Mato Grosso

Governo investe R$ 140 milhões na construção de pontes de grande extensão para substituir balsas

Publicado em

Mato Grosso

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), investe R$ 140 milhões na construção de pontes de concreto de grande extensão em substituição às balsas, utilizadas na travessia de rios em Mato Grosso.

As obras vão assegurar a melhoria da infraestrutura e logística das rodovias, além da trafegabilidade com segurança, e atendem a um pedido antigo daqueles que necessitam fazer a travessia.

Na região Araguaia, já está em construção a ponte sobre o Rio das Mortes, na MT-326, entre Cocalinho e Nova Nazaré.  A ponte em balanço sucessivo terá 484 metros e essa obra já está em estágio bastante avançado, com o lançamento de vigas da ponte no lado do município de Cocalinho. Ao todo, serão investidos R$ 51,1 milhões nessa obra, que será concluída em abril do próximo ano.

Essa ponte vai garantir maior fluidez na chamada “Rodovia do Calcário”, que interliga vários municípios do Araguaia, e sua construção tem sido bastante celebrada pelos moradores da região, que terão a interligação direta das cidades por asfalto, já que também está em andamento a pavimentação da MT-326.

Já na região Norte, o Governo constrói a ponte sobre o Rio Teles Pires, na MT-325, em Alta Floresta. A ponte terá uma extensão de 546 metros e são investidos R$ 22 milhões nessa obra. Atualmente são executados os serviços preliminares e a previsão é de conclusão em 2024.

Leia Também:  Governo convoca aprovados do concurso da Politec para a escolha do município de lotação

Na mesma região, a maior ponte a ser construída está localizada na MT-419, sobre o Rio Teles Pires, na divisa entre Carlinda e Novo Mundo, na região Norte do Estado. A ordem de início das obras será emitida ainda neste mês e a construção da ponte prevê uma extensão de 693 metros. O investimento estimado somente para essa obra é de R$ 67 milhões.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a construção dessas pontes para substituir as balsas vai transformar a realidade de Mato Grosso.

São obras que vão garantir trafegabilidade e segurança, além de diminuir os obstáculos ao desenvolvimento do Estado, já que interferem diretamente no direito de ir e vir do cidadão, bem como no transporte e escoamento da produção do agronegócio. Ao todo ainda existem 21 balsas em operação nas rodovias estaduais em várias regiões de Mato Grosso.

“Sem as pontes, a espera para fazer uma simples travessia demora dias e a fila de veículos aguardando chega a quilômetros de extensão. Essa situação irá mudar com a construção das pontes, que são importantíssimas para garantir o fluxo contínuo de veículos, sem nenhuma parada. Este é um governo diferenciado, que está olhando para as necessidades de infraestrutura e logística em todas as regiões e está atendendo as promessas e pedidos antigos em relação a essas obras”, disse.

Leia Também:  Estado começa a distribuição de água para os animais do Pantanal

Obra retomada

Além das pontes que vão substituir as balsas no interior do estado, o governo investe em obras para melhorar a infraestrutura dentro da região metropolitana de Cuiabá. Um exemplo é a ponte de concreto em balanço sucessivo sobre Rio Cuiabá, entre os municípios de Cuiabá e Várzea Grande.

A ponte vai ligar os bairros Parque Atalaia, em Cuiabá, e Parque do Lago, em Várzea Grande, e terá uma extensão de 392 metros. A obra foi retomada pela atual gestão do governo após ficar paralisada por mais de quatro anos. Hoje, a obra, que terá um investimento de R$ 40 milhões, já está com 70% dos serviços executados. A previsão é de conclusão em março de 2022.

Olho no Araguaia/ GOV MT

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Governo de MT realiza maior entrega da história da agricultura familiar: R$ 106 milhões em equipamentos

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Agricultura Familiar (Seaf), realiza na próxima sexta-feira (24.09) a maior entrega de equipamentos da história da agricultura familiar no Estado. Até junho de 2022, os investimentos na área chegarão a soma de R$ 106 milhões.

A entrega, que integra o Programa Mais MT, será às 15h, no espaço de eventos do Cenarium Rural, em Cuiabá, onde já está exposto parte dos itens que serão repassados à sociedade.

Nesta etapa, serão repassados mais de R$ 50 milhões em maquinários, veículos, agroindústrias, aquisição de produtos da agricultura familiar, reforma e construção de feiras, insumos, serviços, assinaturas de convênios, dentre outros para prefeituras, associações e cooperativas ligadas ao atendimento do agricultor familiar.

Serão entregues 54 veículos Fiat strada, 20 pick-up hilux, 29 motoniveladoras, 22 distribuidores de calcário, 08 escavadeiras hidráulicas, 300 resfriadores de leite, 17 ensiladeiras, 04 caminhões de leite, 20 motocultivadores, 02 caminhões baú de carga seca, um caminhão refrigerado, 02 plantadeiras e adubadeira de mandioca, um perfurador de solo e 08 pás carregadeiras. No evento serão assinados ainda convênios para o repasse de sêmen bovino, embrião e calcário aos municípios.

Leia Também:  Secretário apresenta ao TCE plano para recuperação da aprendizagem dos estudantes

De acordo com o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral, as entregas irão estruturar o trabalho de campo das secretarias de agricultura de 120 dos 141 municípios mato-grossenses, além de fortalecer a atuação de associações e cooperativas ligadas ao setor.

“Aos poucos vamos mostrando que a agricultura familiar, assim como o agronegócio, depende também de investimentos para avançar. Queremos ao longo dos anos, fazer com que Mato Grosso, como ocorre com os grãos, seja independente na produção de hortifrutigranjeiros e demais culturas como café, cacau, produção de leite, que hoje vem em grande parte de outros estados”, comenta o titular da Seaf.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA