ÁGUA BOA

Mato Grosso

Governo já executou 70% das obras do Hospital Regional de Sinop

Publicado em

Mato Grosso


O Hospital Regional de Sinop passa por adequações e reformas estimadas em aproximadamente R$ 3,5 milhões. No total, cerca de 70% da estrutura hospitalar já foi modernizada até o momento. A primeira etapa da obra já foi concluída, cerca de 30% das melhorias previstas na segunda etapa foram executadas e as obras da terceira etapa devem iniciar neste mês.

A modernização da unidade hospitalar está sendo feita em etapas, para garantir que o atendimento seja mantido aos pacientes, mesmo com as obras em andamento.

Na primeira etapa, foi investido R$ 1,5 milhão em reparos, adequações e modernização da nova UTI adulto, UTI Neonatal, ambulatório, recepções e urbanização do acesso e da fachada da unidade de saúde.

A obra estava paralisada desde 2018 e foi retomada em novembro de 2019 pela atual gestão estadual. A conclusão da primeira fase ocorreu em maio de 2020.

Na segunda etapa, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) investiu R$ 800 mil em reparos, adequações e modernização da enfermaria pediátrica e bloco administrativo. A expectativa é de que esta fase seja concluída em dezembro deste ano. 

Leia Também:  Anteprojeto do BRT está disponível para consulta; população pode tirar dúvidas em audiência

Na terceira etapa da reforma e ampliação do hospital deve ser investido R$ 1,2 milhão no reparo, adequação e modernização do Centro Cirúrgico e UTI adulto na unidade. Esta fase deve iniciar na segunda quinzena de setembro e terminar em janeiro de 2022.

A continuidade da obra não interfere no atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que continuam sendo atendidos no local e, sempre que necessário, podem ser realocados dentro da própria unidade hospitalar.

No hospital, continuam ativos 54 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI para o atendimento geral. Para atender exclusivamente pacientes com Covid-19 da região, a unidade de saúde dispõe de outros 30 leitos clínicos e 30 leitos de UTI.

Além de melhorias no Hospital, a SES também realizou adequações e modernizações no Escritório Regional de Saúde de Sinop, por meio de um investimento total de R$ 336 mil. A modernização da unidade foi concluída em maio de 2020.

“Esse é mais um projeto que integra o programa Mais MT, anunciado pelo governador Mauro Mendes. As equipes da Secretaria Estadual de Saúde estão totalmente empenhadas nas ampliações e modernizações de praticamente todas as unidades de saúde estaduais. Nosso objetivo é proporcionar qualidade no atendimento dos usuários do Sistema Único de Saúde e ambiente salubre aos profissionais dessas unidades”, diz o secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo.

Leia Também:  "Estudo da UFMG mostra que todos os casos de desmatamento ilegal em MT foram autuados", afirma governador
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Jovens do Centro Socioeducativo de Cuiabá recebem capacitação profissional de informática

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Operação Lei Seca prende sete motoristas e apreende 49 veículos

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA