ÁGUA BOA

Mato Grosso

Governo licita obras de construção da Orla de Santo Antônio de Leverger

Publicado em

Mato Grosso


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), publicou a licitação para contratação de empresa de engenharia para execução das obras de construção de calçadão e espaços de convivência da Orla de Santo Antônio de Leverger.

As obras fazem parte do Mais MT, o maior programa de investimentos da história de Mato Grosso, no eixo de Infraestrutura de Turismo. Ao todo, estão estimados investimentos de R$ 8,5 milhões para a construção da orla, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, o projeto foi pensado para que fosse possível executar uma completa requalificação urbana do espaço, de modo a garantir a infraestrutura do local interligada à beleza existente às margens do rio, além de proporcionar conforto e segurança a todos os frequentadores da orla.

“Estamos seguindo a determinação do governador Mauro Mendes, de contratar e futuramente realizar obras focadas em reestruturar o espaço público, trazer qualidade de vida e fazer uma completa renovação daquele local. Vamos implantar uma orla que valorize a cidade de Santo Antônio de Leverger”, disse o secretário.

Elaborado pela equipe técnica da Secretaria adjunta de Cidades da Sinfra, o projeto prevê a construção da orla na Avenida Beira Rio, no centro do município, em uma área total de 12,8 mil metros quadrados. Está prevista ainda a implantação de um calçadão, dois bares, playground coberto, ambientes de convivência e completa arborização e iluminação, para que o espaço também possa ser utilizado durante o período noturno.

Leia Também:  Secretário apresenta ao TCE plano para recuperação da aprendizagem dos estudantes

Também está prevista a implantação de 182 vagas de estacionamento e a execução de um plano de recuperação de áreas degradadas, a fim de recuperar a área de preservação permanente localizada entre a Avenida Beira Rio e o Rio Cuiabá, em uma extensão de 2,85 hectares.

“A nossa equipe técnica da Sacid elaborou o projeto pensando em uma urbanização moderna e ao mesmo tempo econômica. Nossos técnicos fizeram estudos de casos em outros locais, para que pudéssemos reunir os bons exemplos em um único projeto, a pedido do governador. Por isso, a Orla de Santo Antônio de Leverger é um projeto importante.  Vai ter um mobiliário diferenciado, tecnologia na estrutura visando a ganhar tempo de execução, economicidade, qualidade, funcionalidade e beleza”, explicou a secretaria adjunta de Cidades, Rafaela Damiani.

A expectativa é de que as obras fomentem o turismo na região do Vale do Rio Cuiabá, além de proporcionar a geração de emprego e renda e o consequente desenvolvimento do município, segundo o secretário adjunto de Turismo de Mato Grosso, Jefferson Moreno, que lembrou que projetos semelhantes já estão em elaboração para beneficiar outras cidades.

Leia Também:  Centro Político Administrativo passar a contar com feira livre a partir desta quinta-feira (16)

“Essa obra é muito importante para o município de Santo Antônio do Leverger. É resultado da visão do governador Mauro Mendes, que construiu essa parceria entre Sedec e Sinfra para melhorar a infraestrutura do turismo em vários pontos do Estado. E essa primeira orla vai elevar a autoestima da cidade, vai retomar o fluxo de turistas na orla do rio, para que comecemos a aproveitar mais o Rio Cuiabá, que é um presente que recebemos na natureza e que é a porta de entrada do nosso Pantanal”, concluiu.

A contratação das obras será realizada por meio de processo licitatório na modalidade Concorrência Pública, do tipo menor preço. A sessão pública de abertura das propostas será realizada no dia 14 de outubro, às 9h, na sala de reuniões da própria Sinfra. A licitação também é transmitida em tempo real pelo canal do Youtube da Sinfra. Tanto o projeto executivo, quanto demais documentações complementares, encontram-se disponíveis no site da Sinfra.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Mato Grosso recebe 17.550 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (15)

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Matriciamento no cuidado em hanseníase é tema de web aula desta quarta-feira (15)

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA