ÁGUA BOA

Mato Grosso

Governo licita obras de pavimentação de 200 km para melhorar logística da MT-140

Publicado em

Mato Grosso


O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), lançou o edital de licitação para contratação de empresa de engenharia para executar obras de pavimentação de 200 quilômetros da MT-140, entre Planalto da Serra e Nova Ubiratã.

Será asfaltado o trecho que vai do entroncamento da MT-020, em Planalto da Serra, até chegar na rodovia federal BR-242, em Nova Ubiratã. Os investimentos para contratação das obras, que serão feitas em lotes, são estimados em R$ 247,7 milhões.  

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, as obras vão atender diretamente os municípios de Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Santa Rita do Trivelato e Nova Ubiratã, interligando as regiões Sul e Centro Norte de Mato Grosso.  

Essas regiões possuem atividades econômicas principais voltadas à pecuária e a agricultura e a pavimentação vai facilitar o escoamento de toda a produção, de modo a contribuir com o desenvolvimento do Estado e assegurar o direito de ir e vir do cidadão. 

“Apesar de possuir uma forte economia voltada para o agronegócio, a região possui poucos trechos que são pavimentados. Isso dificulta o escoamento da produção, traz atrasos à economia local e de todo Mato Grosso. Com essa pavimentação, nós vamos abrir um novo corredor viário de transporte”, explicou o secretário.

Leia Também:  Governo de MT e município de Tangará da Serra disponibilizam 10 leitos de UTI Covid-19

Lotes

De acordo com o edital de licitação, as obras serão contratadas e executadas em seis lotes, a fim de ampliar a participação de mais empresas no certame e agilizar a entrega. O lote 1 compreende o subtrecho que vai do entroncamento da MT-020, em Planalto da Serra até Santa Rita do Trivelato, no segmento que vai do KM 358 até o KM 420 da MT-140. A extensão compreendida é de 34,51 quilômetros.

O lote 2 corresponde ao subtrecho que vai do entroncamento da MT-020, em Planalto da Serra até Santa Rita do Trivelato, no segmento que vai do KM 420 até a KM 465, em uma extensão de 44,48 quilômetros da MT-140. 

Já o lote 3 compreende o subtrecho do entroncamento da MT-240 até o entroncamento da MT-235, em Santa Rita do Trivelato, no segmento que vai do KM 465 até o entroncamento da MT-235, totalizando 29,66 quilômetros.

O lote 4 vai do subtrecho de Santa Rita do Trivelato até o Distrito Boa Esperança, em uma extensão de 37,21 quilômetros. Já o lote 5 compreende as MT-140/338/324, entre Santa Rita do Trivelato até a BR-242, em uma extensão de 47,94 quilômetros. O lote 6, último lote, corresponde à Serra do Laranjal, com extensão de 9,64 quilômetros. 

Leia Também:  Mato Grosso recebe 57.250 doses da Astrazeneca nesta quarta-feira (09)

A licitação para a pavimentação da MT-140 será na modalidade Regime Diferenciado de Contratação (RDC), do tipo menor preço. A sessão pública de abertura das propostas será realizada no dia 10 de junho, às 9h, na sala de reuniões da própria Sinfra. A licitação também é transmitida em tempo real pelo canal do YouTube da Sinfra.

Tanto o projeto executivo, quanto demais documentações complementares, assim como o edital, encontram-se disponíveis no site da Sinfra para consulta. Veja aqui.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (12): Mato Grosso registra 427.572 casos e 11.390 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (12.06), 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.390 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.001 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.788 estão em isolamento domiciliar e 400.171 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 478 internações em UTIs públicas e 352 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,19% para UTIs adulto e em 39% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.250), Rondonópolis (31.210), Várzea Grande (29.177), Sinop (20.758), Sorriso (14.750), Tangará da Serra (14.607), Lucas do Rio Verde (13.090), Primavera do Leste (10.954), Cáceres (9.221) e Alta Floresta (8.131).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Mato Grosso recebe 100.860 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (02)

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (11.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.296.118 casos da Covid-19 no Brasil e 484.235 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.210.969 casos da Covid-19 no Brasil e 482.019 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (12.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Esportistas do projeto Olimpus são maioria na delegação mato-grossense classificada para Troféu Brasil de Atletismo

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA