ÁGUA BOA

Mato Grosso

Matriciamento no cuidado em hanseníase é tema de web aula desta quarta-feira (15)

Publicado em

Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do projeto Telessaúde em parceria com a Coordenadoria de Atenção às Doenças Crônicas, realizará nesta quarta-feira (15.09), às 10h, uma web aula sobre o matriciamento no cuidado em hanseníase. A proposta é capacitar profissionais e estudantes da área da saúde pública e privada para aprimorar a assistência prestada à população.

Os interessados em participar da aula podem acessar o canal do Tele Educa MT no YouTube 15 minutos antes do início da respectiva transmissão e se inscreverem gratuitamente.

Com o tema ‘Apoio matricial: desafios e possibilidades no cuidado integral em hanseníase’, o web encontro contará com a apresentação dos profissionais do Ambulatório de Atenção Especializada Regionalizado de Alta Floresta (AAER). Ficarão à frente da discussão a enfermeira especialista em Saúde da Família e em Gestão em Saúde, Letícia de Faria, e o fisioterapeuta especialista em fisioterapia cardiorrespiratória, osteopatia e posturologia, André Luiz de Brito. 

No AAER de Alta Floresta há um projeto pioneiro que oferta apoio matricial aos profissionais da Atenção Primária a Saúde quando há demanda na área. A atuação do Ambulatório vai desde a orientação e apoio às ações de busca ativa até o manejo clínico de pacientes. 

Leia Também:  Empresas públicas podem aderir à ata de registro de preços da administração direta

Atualmente, Mato Grosso dispõe de seis AAERs. Eles estão localizados em Alta Floresta, Juína, Juara, Várzea Grande, Barra do Garças e Tangará da Serra. As unidades integram diversas ações do Plano Estadual Estratégico de Enfrentamento da Hanseníase, de 2018. Todos os meses, o Estado investe R$ 60 mil na manutenção dos ambulatórios. Em contrapartida, os municípios disponibilizam os servidores e a estrutura física.

Em julho deste ano, o AAER de Alta Floresta iniciou diálogos com as unidades de saúde. Além da capacitação da equipe, nesses encontros foram definidas estratégias de busca ativa de casos novos de hanseníase, exame de contatos, acompanhamento dos casos em tratamento, bem como troca de experiências entre os profissionais. Em um mês de atuação do projeto, foi constatado aumento de 33% de casos novos na cidade registrados Sistema e Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

Matriciamento

O apoio matricial, ou matriciamento, é uma estratégia técnico-pedagógica e assistencial conduzida por equipes especializada com prática clínica e assistencial que se dispõem a oferecer informações e orientações a outras equipes de saúde e/ou profissionais em particular.

Leia Também:  Ação conjunta apreende carga de cerveja avaliada em R$ 230 mil
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso promove a 1ª Semana Estadual da Pessoa com Deficiência

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Governador se reúne com autoridades, articula rota aérea e participa de Feira

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA