ÁGUA BOA

Mato Grosso

Metamat inaugura escritório regional em Guarantã do Norte

Publicado em

Mato Grosso


A Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat) inaugurou nesta quinta-feira (22-07), o escritório regional de Guarantã do Norte. A unidade tem como finalidade realizar orientação técnica e executar projetos do setor mineral, com ênfase àqueles que contribuam para geração de emprego e renda na região.

O escritório, fruto da assinatura do termo de cooperação entre a empresa estadual e a prefeitura de Guarantã, contará com um geólogo, um técnico e dois estagiários.

O prefeito de Guarantã do Norte, Érico Estevan Gonçalves, ressalta a importância da empresa mineradora no município. “Essa é mais uma parceria que vem trazer conhecimento para a região, que irá criar emprego e fortalecer a economia local, por meio da orientação ao garimpeiro, ao minerador para que esses profissionais trabalhem da forma correta”.

Dentre as atribuições da sede regional estão ações de ordenamento, regularização e de fiscalização das atividades mineradoras, que visam coibir o trabalho clandestino de garimpagem e a comercialização ilegal de minerais. A equipe também ficará responsável pelo cadastro dos produtores de bens minerais no município.

Leia Também:  Detran-MT prorroga novamente vencimento do Licenciamento 2021

Segundo o presidente da Metamat, Juliano Jorge Boraczynski, a estrutura do novo escritório é diferenciada. “Nós teremos, inclusive, uma geóloga que mora na cidade. E com isso poderemos dar suporte para aumentar a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), não só para as cooperativas de ouro, mas para todos os tipos de minérios produzidos na região. Hoje, o município tem um depósito de cobre a ser explorado e faremos pesquisa para que esse recurso seja utilizado por uma multinacional”, destaca.

Ampliação

Com o novo espaço, a Metamat passa a ter três escritórios regionais, eles estão sediados nos municípios de Alta Floresta, Nova Bandeirantes e Guarantã do Norte. A previsão é de que neste semestre seja aberto o quarto regional, dessa vez em Aripuanã.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Em Mato Grosso, 14 municípios estão com risco alto de contaminação pela Covid-19

Publicados

em


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou, nesta terça-feira (03.08), o Boletim Informativo n° 513 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

O documento mostra, a partir da página 11, que 14 municípios registram classificação de risco alto para o coronavírus. São eles: Alta Floresta, Barra do Garças, Canarana, Cuiabá, Figueirópolis D’Oeste, Jangada, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Primavera do Leste, Salto do Céu, Santa Rita do Trivelato, São José do Povo, Sapezal e Vale de São Domingos.

Outras 127 cidades estão classificadas na categoria moderada para a contaminação do coronavírus. Nenhum município foi classificado com risco muito alto ou baixo para a Covid-19.

Novo método para classificação

O método para definir a classificação de risco dos municípios foi aprimorado. A mudança foi publicada no Diário Oficial do dia 25 de março de 2021. Desde então, não é levado em consideração apenas o número absoluto dos casos dos últimos quatorzes dias, mas sim a média móvel dos últimos quatorzes dias.

Leia Também:  Operação Petróleo Real percorre postos de Cuiabá e Várzea Grande e detecta irregularidades

Assim, o município não sofrerá uma mudança brusca de um boletim para o outro; a cidade ficará na mesma categoria por pelo menos duas semanas, conforme sua média móvel de casos.

Também foi aperfeiçoado o cálculo dos casos acumulados. Antes eram considerados os casos acumulados a partir do dia 1º de dezembro de 2020. Com a nova metodologia, a análise será realizada sempre com base nos casos acumulados dos últimos 90 dias.

Confira as medidas de acordo com a classificação de risco:

• Nível de Risco MODERADO

a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para o Nível de Risco BAIXO;

b) quarentena domiciliar para pessoas acima de 60 anos e grupos de risco definidos pelas autoridades sanitárias.

• Nível de Risco ALTO

a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para os Níveis de Risco BAIXO e MODERADO;

b) proibição de qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração;

c) proibição de atendimento presencial em órgãos públicos e concessionárias de serviços públicos, devendo ser disponibilizado canais de atendimento ao público não presencial;

Leia Também:  Segunda-feira (28): Mato Grosso registra 449.566 casos e 11.964 óbitos por Covid-19

d) adoção de medidas preparatórias para a quarentena obrigatória, iniciando com incentivo à quarentena voluntária e outras medidas julgadas adequadas pela autoridade municipal para evitar a circulação e aglomeração de pessoas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA