ÁGUA BOA

Mato Grosso

Novo sistema do Detran permite selecionar serviço e consultar agendamento

Publicado em

Mato Grosso


A partir da próxima segunda-feira (19.07), o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) vai disponibilizar aos cidadãos um novo sistema de agendamento para atendimento presencial nas unidades da autarquia. Ao entrar no sistema, o cidadão poderá agendar o atendimento em qualquer unidade com datas disponíveis a partir do dia 20 de julho.

O novo sistema contará com funcionalidades como a opção de escolher o serviço o qual deseja realizar, consultar e/ou excluir o agendamento realizado. O sistema de agendamento foi desenvolvido pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação do Detran-MT, no início da pandemia do Covid-19 e, desde então, já foram atendidas quase 900 mil pessoas nessa modalidade em todas as unidades do Detran no Estado.

“O atendimento por agendamento vem dando certo e agora aprimoramos o sistema para facilitar o acesso ao cidadão. Com o atendimento agendado, evitamos a aglomeração de pessoas nas unidades, preservando a saúde dos cidadãos e dos nossos servidores na prevenção à Covid-19”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Conforme o coordenador de Tecnologia da Informação do Detran-MT, Danilo Cruz, o novo sistema foi desenhado e mapeado de acordo com as necessidades do cidadão e de cada unidade da autarquia.

Leia Também:  Sema realiza oficina pública em Diamantino para discutir plano de recursos hídricos

Como agendar

Para agendar o atendimento, o cidadão deve entrar no site do Detran (www.detran.mt.gov.br) e clicar na mensagem de tela em cor azul para AGENDAMENTO. Na sequência, abrirá a nova página do agendamento com as abas “Libras”, “Agendar”, “Consultar” e “Excluir”.

Ao clicar na aba “Agendar”, o cidadão deverá preencher os dados pessoais, nome, telefone, e-mail e CPF, escolher a unidade para atendimento, data, horário. A novidade nessa aba é a opção do cidadão em escolher o serviço o qual deseja realizar, que até então não existia.

Preenchidos os campos, será gerado um comprovante de agendamento ao cidadão, de caráter informativo e orientativo, não sendo obrigatório a apresentação no dia do atendimento.

“Agora, o sistema gera no próprio comprovante as informações necessárias para o cidadão realizar o serviço que ele agendou”, explicou o coordenador de Tecnologia da Informação do Detran-MT, Danilo Cruz.

Na aba “Consultar”, o cidadão poderá consultar o seu agendamento e na aba “Excluir” poderá excluir o agendamento realizado por meio da confirmação de duas chaves de acesso (CPF e número celular informado). “O sistema antigo não permitia a consulta e nem a exclusão do agendamento pelo próprio cidadão”, explicou o coordenador.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre 43 ordens judiciais contra organização investigada por roubos de cargas em MT e SP

O novo sistema também irá lançar no calendário das datas, de forma antecipada, os feriados nacionais, estaduais e municipais. “Agora, os chefes das unidades poderão lançar no sistema os feriados municipais, por exemplo”.

Atendimento presencial

Para garantir a segurança dos usuários e servidores durante o atendimento presencial, o Detran-MT segue todas as recomendações dos órgãos de saúde na prevenção ao novo coronavírus, como assepsia com uso de álcool 70%, uso de máscaras e luvas, distanciamento mínimo de 1,5 metro, visando reduzir os riscos de propagação do vírus.  

O Detran-MT reforça para a população que sempre agende o serviço presencial desejado no site do órgão e compareça a unidade escolhida somente no horário agendado, para evitar filas, aglomeração e exposição desnecessária ao ambiente com sol ou chuva.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Em Mato Grosso, 14 municípios estão com risco alto de contaminação pela Covid-19

Publicados

em


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou, nesta terça-feira (03.08), o Boletim Informativo n° 513 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

O documento mostra, a partir da página 11, que 14 municípios registram classificação de risco alto para o coronavírus. São eles: Alta Floresta, Barra do Garças, Canarana, Cuiabá, Figueirópolis D’Oeste, Jangada, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Primavera do Leste, Salto do Céu, Santa Rita do Trivelato, São José do Povo, Sapezal e Vale de São Domingos.

Outras 127 cidades estão classificadas na categoria moderada para a contaminação do coronavírus. Nenhum município foi classificado com risco muito alto ou baixo para a Covid-19.

Novo método para classificação

O método para definir a classificação de risco dos municípios foi aprimorado. A mudança foi publicada no Diário Oficial do dia 25 de março de 2021. Desde então, não é levado em consideração apenas o número absoluto dos casos dos últimos quatorzes dias, mas sim a média móvel dos últimos quatorzes dias.

Leia Também:  Nova Lei estadual incentiva plantio de espécies nativas em áreas desmatadas

Assim, o município não sofrerá uma mudança brusca de um boletim para o outro; a cidade ficará na mesma categoria por pelo menos duas semanas, conforme sua média móvel de casos.

Também foi aperfeiçoado o cálculo dos casos acumulados. Antes eram considerados os casos acumulados a partir do dia 1º de dezembro de 2020. Com a nova metodologia, a análise será realizada sempre com base nos casos acumulados dos últimos 90 dias.

Confira as medidas de acordo com a classificação de risco:

• Nível de Risco MODERADO

a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para o Nível de Risco BAIXO;

b) quarentena domiciliar para pessoas acima de 60 anos e grupos de risco definidos pelas autoridades sanitárias.

• Nível de Risco ALTO

a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para os Níveis de Risco BAIXO e MODERADO;

b) proibição de qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração;

c) proibição de atendimento presencial em órgãos públicos e concessionárias de serviços públicos, devendo ser disponibilizado canais de atendimento ao público não presencial;

Leia Também:  Sema realiza oficina pública em Diamantino para discutir plano de recursos hídricos

d) adoção de medidas preparatórias para a quarentena obrigatória, iniciando com incentivo à quarentena voluntária e outras medidas julgadas adequadas pela autoridade municipal para evitar a circulação e aglomeração de pessoas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA