ÁGUA BOA

Mato Grosso

Ouvidoria promove reunião entre agentes públicos e população em situação de rua

Publicado em

Mato Grosso


A Ouvidoria Geral de Polícia de Mato Grosso fez um chamado às instituições para discutir o aumento de casos de violência contra população em situação de rua. O encontro foi realizado nesta sexta (09.07), no Centro Paroquial da igreja de Nossa Sra do Rosário e São Benedito, em Cuiabá.

O ouvidor-geral de Polícia, Lúcio Andrade, falou a dificuldade de registro de ocorrências por parte das pessoas em condição de rua. “Algumas relatam agressões, mas têm dificuldade em apresentar informações consistentes. Quando são procuradas para um segundo depoimento, já não encontramos mais, ou até desistem de dar andamento à denúncia”, afirmou o ouvidor.

A Polícia Militar afirma que todas as ocorrências são investigadas e que as câmeras no centro da cidade registram toda a movimentação. “Se houver alguma irregularidade de comportamento de PMs a Corregedoria será informada e tomará as providências”, afirmou o Tenente Coronel Dionys Lavor. “Temos diversas formas de monitoramento e registro dos militares, quando há denúncia, o mais comum é a identificação e punição”.

Outras instituições públicas de defesa social também foram convidadas, mas não se fizeram presentes. Essa é uma dificuldade para lidar com a o problema das pessoas em situação de rua, é um problema com múltiplos fatores. Um ponto em comum na visão dos participantes é de que o número de pessoas em situação de rua cresceu e será necessária uma união de esforços para lidar com o problema.

Leia Também:  Governo discute política de resíduos sólidos com prefeitos e secretários nacionais

Estiveram presentes representantes do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Universidade Federal de Mato Grosso, Paróquia da igreja de Nossa Sra. do Rosário e São Benedito e dos comerciantes da região central de Cuiabá.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Polícia Militar lança ‘Operação Guardião do Nortão’ para garantir a segurança em eleição em Matupá

Publicados

em


A Polícia Militar, por meio do 15º Comando Regional, lançou a operação ‘Guardião do Nortão’ em Matupá (684,3 km de Cuiabá). A ação tem como foco atuar com ações preventivas em virtude da eleição suplementar que acontece neste domingo (01.08), no município. Em menos de 24 horas, os policiais prenderam três pessoas, apreenderam três armas de fogo e cerca de 1 kg de droga na região.  

O reforço policial militar iniciou no último dia 27 de julho e seguirá até segunda-feira (02). A Polícia Militar destinou para atuar na operação o efetivo de 30 policiais militares do 15º CR, das equipes da Inteligência da PM, Batalhão Rotam e Força Tática. 

A operação “Guardião do Nortão” em pouco mais de 24 horas já efetuou três prisões em flagrante, apreendeu três armas de fogo, sendo uma submetralhadora 9 mm, um revólver calibre 38 e pistola calibre 765, cerca de 1 kg de droga e R$ 1.244,00. 

O comandante do 15º CR, tenente-coronel James Jacio Ferreira, explica que as ações preventivas e ostensivas no município, garante a segurança na região e inibe àqueles que possam procurar se aproveitar da realização do pleito eleitoral para infringir a lei.  

Leia Também:  Governo de MT reforça medidas de prevenção à Covid-19 no serviço público

“Queremos que a população de Matupá, possa ir às urnas tranquilos, disponibilizamos equipes para atuarem nos sete pontos de votação no domingo. Essa operação é para garantir um pleno eleitoral seguro. Em menos de 24 horas, já prendemos três suspeitos, inclusive retiramos uma submetralhadora, pistola, revólver e drogas. Com esse reforço já conseguimos desarticular pontos do tráfico de drogas e seguiremos até segunda-feira com as ações preventivas”,  afirmou o tenente-coronel.   

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA