ÁGUA BOA

Mato Grosso

PM treina 280 policiais e agentes de segurança para Atendimento Pré-Hospitalar em Combate

Publicado em

Mato Grosso


A Polícia Militar, por meio do Batalhão Rotam, iniciou a capacitação em Atendimento Pré-Hospitalar em Combate (APH) para 280 policiais e agentes de segurança pública, em Cuiabá. A instrução é ministrada na sede da unidade especializada da PM e segue até o dia 16 de julho.

Os instrutores da Rotam ensinam os alunos do curso através de atividades práticas por meio de simulações e aulas teóricas os cuidados em casos de lesões com arma de fogo e até explosões. O comandante do Batalhão Rotam, tenente-coronel, Paulo César destaca que a instrução é indispensável para qualquer agente de segurança pública.

“Estamos proporcionando o aprendizado para salvar não só a vida do agente, mas de possíveis vítimas ou suspeitos. Para nós é indispensável que o policial hoje em dia entenda essa perspectiva”, afirmou o militar.

Para o tenente-coronel Cezar Metelo, aluno do curso de APH, a instrução simplificou muito o seu conhecimento. Com mais de 27 anos de profissão e várias formações em primeiros socorros no currículo, o militar destaca o elevado nível técnico do curso oferecido pela Rotam.  

Leia Também:  Sefaz repassa veículos e bens para unidade prisional de Várzea Grande

“Quando eu entrei na PM, no ano de 1994, o protocolo usado era o civil, voltado para situações em geral, não era específico para confrontos armados de combate. O próprio equipamento já direciona o profissional como ele deve agir, além de possibilitar a segurança de todos”, explicou Metelo.

Neste curso de 18 horas, aluno aprende a atender a vítima com trauma zero, logo após o incidente. Sargento clerismar, é instrutor da Rotam, ele explica que durante o curso, os participantes aprendem a utilizar o estojo de primeiros socorros e até mesmo fazer procedimentos como torniquetes que podem controlar sangramentos massivos, manipular anticoagulantes. 

Até o momento, a PM já capacitou mais de 2,5 mil policiais militares em Atendimento Pré- Hospitalar em Combate protocolo Marc 1. Participam da capacitação policiais militares, civis, federais e rodoviários e agentes penitenciários. Devido à pandemia da Covid-19, o curso foi divido em 10 edições para atender com segurança os 280 alunos inscritos que são obrigados a fazer uso de máscara, usar álcool em gel e manter o distanciamento para evitar a contaminação do  novo coronavírus.

Leia Também:  Cantora Karola Nunes lança videoclipe contemplado no edital MT Nascentes

(Com supervisão de Greyce Lima)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (31): Mato Grosso registra 490.313 casos e 12.773 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (31.07), 490.313 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.773 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 671 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 490.313 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.696 estão em isolamento domiciliar e 465.327 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 450 internações em UTIs públicas e 280 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 81,97% para UTIs adulto e em 32% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (99.696), Rondonópolis (34.842), Várzea Grande (32.805), Sinop (23.540), Sorriso (17.156), Tangará da Serra (16.812), Lucas do Rio Verde (14.609), Primavera do Leste (12.990), Cáceres (10.685) e Barra do Garças (9.976).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Grupo Folclórico Flor Ribeirinha vence Festival Internacional de Dança na Polônia

O documento ainda aponta que um total de 376.852 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 516 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (30.07), o Governo Federal confirmou o total de 19.880.273 casos da Covid-19 no Brasil e 555.460 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.839.369 casos da Covid-19 no Brasil e 554.497 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (31.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Sefaz repassa veículos e bens para unidade prisional de Várzea Grande

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA