ÁGUA BOA

Mato Grosso

Preso em Minas Gerais um dos autores do homicídio de engenheiro em Juscimeira

Publicado em

Mato Grosso


Um dos autores do homicídio que vitimou um engenheiro no município de Juscimeira foi preso no fim de semana, dentro da Operação Lake, deflagrada pela Delegacia da Polícia Civil para cumprir ordens judiciais no inquérito que apura as circunstâncias e os responsáveis pelo crime. O investigado G.R.S., de 41 anos, foi preso no município de Juiz de Fora, interior de Minas Gerais.

Ele foi parado em uma blitz realizada na rodovia que liga Minas Gerais ao Rio de Janeiro e na abordagem apresentou um documento falso. Contudo, pelo documento apresentado conter o nome da cidade de Rondonópolis, os policiais entraram em contato com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município, que confirmou a real identidade do foragido e o mandado em aberto expedido pelo homicídio. Ele foi conduzido à Delegacia de Juiz de Fora, onde foi formalizado o mandado de prisão preventiva e aguardará na cidade mineira a autorização para recambiamento a Mato Grosso.

Na semana passada, a Delegacia da Polícia Civil de Juscimeira cumpriu três mandados de busca e apreensão em endereços residenciais de alvos investigados, além de outras duas prisões contra envolvidos no homicídio.

Leia Também:  Mato Grosso apresenta reduções de homicídios dolosos, feminicídios, roubos e furtos

Durante a realização da operação, o delegado responsável pela investigação, Ricardo de Oliveira Franco, reuniu novas informações que levaram à identificação de mais um dos autores diretos do homicídio, cuja prisão foi representada à Justiça.

O inquérito segue para conclusão e será remetido posteriormente ao Poder Judiciário.

Crime

Edllyn Mascarenhas Sales, 35 anos, o ‘Buda’, foi morto em 03 de abril deste ano, durante uma briga generalizada em uma propriedade rural, às margens de um lago do rio São Lourenço. A vítima era bem conhecida na cidade e foi atingida com três disparos de arma de fogo, foi socorrida, mas morreu a caminho de uma unidade de saúde.

O crime ocorreu em um rancho que dá acesso ao lago, onde há várias propriedades. Na ocasião, diversas pessoas estavam confraternizando no local, em desacordo com medidas sanitárias decretadas do município para combate à disseminação da covid. Ocorreu uma colisão entre duas embarcações que estavam no lago e uma discussão entre as partes envolvidas. 

Leia Também:  Quarta-feira (21): Mato Grosso registra 478.440 casos e 12.555 óbitos por Covid-19

Quando os ocupantes das embarcações retornaram para a margem do rio, houve uma briga envolvendo um grupo de pessoas, com lesão corporal e disparos de arma de fogo. A vítima, que estava no local como convidada, foi tentar apartar a discussão e acabou atingida por três disparos, sendo dois na cabeça e um no tórax. O engenheiro foi socorrido, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital de Rondonópolis.

A equipe da Delegacia da Polícia Civil de Juscimeira iniciou as investigações e apurou informações sobre a arma utilizada no crime e também realizou oitivas com diversas pessoas, entre elas possíveis suspeitos, testemunhas e parentes da vítima que estavam no local. 

A Operação Lake contou com apoio da Delegacia Regional de Rondonópolis.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Polícia Militar lança ‘Operação Guardião do Nortão’ para garantir a segurança em eleição em Matupá

Publicados

em


A Polícia Militar, por meio do 15º Comando Regional, lançou a operação ‘Guardião do Nortão’ em Matupá (684,3 km de Cuiabá). A ação tem como foco atuar com ações preventivas em virtude da eleição suplementar que acontece neste domingo (01.08), no município. Em menos de 24 horas, os policiais prenderam três pessoas, apreenderam três armas de fogo e cerca de 1 kg de droga na região.  

O reforço policial militar iniciou no último dia 27 de julho e seguirá até segunda-feira (02). A Polícia Militar destinou para atuar na operação o efetivo de 30 policiais militares do 15º CR, das equipes da Inteligência da PM, Batalhão Rotam e Força Tática. 

A operação “Guardião do Nortão” em pouco mais de 24 horas já efetuou três prisões em flagrante, apreendeu três armas de fogo, sendo uma submetralhadora 9 mm, um revólver calibre 38 e pistola calibre 765, cerca de 1 kg de droga e R$ 1.244,00. 

O comandante do 15º CR, tenente-coronel James Jacio Ferreira, explica que as ações preventivas e ostensivas no município, garante a segurança na região e inibe àqueles que possam procurar se aproveitar da realização do pleito eleitoral para infringir a lei.  

Leia Também:  Quarta-feira (21): Mato Grosso registra 478.440 casos e 12.555 óbitos por Covid-19

“Queremos que a população de Matupá, possa ir às urnas tranquilos, disponibilizamos equipes para atuarem nos sete pontos de votação no domingo. Essa operação é para garantir um pleno eleitoral seguro. Em menos de 24 horas, já prendemos três suspeitos, inclusive retiramos uma submetralhadora, pistola, revólver e drogas. Com esse reforço já conseguimos desarticular pontos do tráfico de drogas e seguiremos até segunda-feira com as ações preventivas”,  afirmou o tenente-coronel.   

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA