ÁGUA BOA

Mato Grosso

Procon Estadual realiza treinamento sobre Conciliação e Turma Recursal

Publicado em

Mato Grosso


A Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Consumidores (Procon-MT) reuniu estagiários e servidores da sede e dos Procons municipais para participarem de treinamento sobre a Turma Recursal e as atribuições da Conciliação, fase que sucede o registro de reclamações dos consumidores. A capacitação foi realizada por videoconferência, na quinta e sexta-feira (15 e 16/07). 

Durante o treinamento, a coordenadora de Conciliação e Turma Recursal do Procon-MT, Marcia dos Santos, explicou que há três casos em que o consumidor pode ter problemas em uma relação de consumo: insatisfação com o produto/serviço; dúvidas e reclamações. Quando isso acontece, inicialmente, o consumidor é orientado a tentar resolver o problema por um canal de atendimento da empresa, como o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), ou outro canal disponibilizado pelo fornecedor. 

“Caso o problema não seja resolvido neste primeiro contato, o consumidor pode buscar seus direitos, iniciando uma reclamação via Poder Judiciário. Pode, também, optar pela via administrativa, registrando uma reclamação no Procon, ou até mesmo pela plataforma de reclamação on-line Consumidor.gov, e a partir daí é iniciado o processo de conciliação”, explicou a conciliadora.

Leia Também:  Escola estadual faz ‘festa’ junina para entregar materiais didáticos

Além de aprender mais sobre a conciliação, os participantes também puderam tirar dúvidas sobre os assuntos relacionados à defesa do consumidor, como a protocolização de documentos e os tipos de reclamações registradas, por exemplo. 

Para o aluno do curso de Administração da Uninter Centro Universitário e estagiário do Procon Estadual, Raphael Bruno, os treinamentos são importantes para capacitar os servidores e qualificar o atendimento prestado aos cidadãos. 

“O ponto que mais chamou minha atenção foi quando a conciliadora explicou sobre a diferença entre as decisões Fundamentadas Atendidas e Fundamentadas Atendidas Sem Sanção. Decisões sem sanção ocorrem quando o consumidor não aceita ou não concorda com a proposta de acordo do fornecedor. Nesse caso, não há aplicação de multa e nem uma opção de recurso e o processo é finalizado no Procon”, relata o estagiário.

O secretário adjunto, Edmundo Taques, salienta que o Procon-MT tem oferecido uma série de capacitações aos servidores. “Recebemos novos atendentes e muitos Procons Municipais trocaram de gestor e de pessoal. Por isso, sentimos a necessidade de qualificar o pessoal. O objetivo dos treinamentos é que os novos servidores conheçam a rotina e os procedimentos do dia a dia do trabalho dos Procons”. 

Leia Também:  Batalhão Ambiental resgata jacaré, iguana e capivara em Cuiabá e Santo Antônio do Leverger
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (31): Mato Grosso registra 490.313 casos e 12.773 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (31.07), 490.313 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.773 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 671 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 490.313 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.696 estão em isolamento domiciliar e 465.327 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 450 internações em UTIs públicas e 280 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 81,97% para UTIs adulto e em 32% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (99.696), Rondonópolis (34.842), Várzea Grande (32.805), Sinop (23.540), Sorriso (17.156), Tangará da Serra (16.812), Lucas do Rio Verde (14.609), Primavera do Leste (12.990), Cáceres (10.685) e Barra do Garças (9.976).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Escola estadual faz ‘festa’ junina para entregar materiais didáticos

O documento ainda aponta que um total de 376.852 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 516 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (30.07), o Governo Federal confirmou o total de 19.880.273 casos da Covid-19 no Brasil e 555.460 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.839.369 casos da Covid-19 no Brasil e 554.497 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (31.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Médica do MT Saúde garante que todas vacinas são eficazes e seguras

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA