ÁGUA BOA

Mato Grosso

Professores fazem curso de formação para produção de livros digitais

Publicado em

Mato Grosso


Professores pedagogos participaram de um curso de formação com foco na produção de livros digitais. O evento foi realizado pela Diretoria Regional de Ensino (DRE) de Alta Floresta (803 km ao norte da Capital). Cerca de 180 participantes conheceram os aplicativos storyjumper e livro digital.

Eles tiveram a oportunidade de montar seus próprios livros, colocando imagens e textos e transformaram os livros em PDF para compartilhar com os alunos. As oficinas foram elaboradas pelas professoras formadoras Iraci Sartori, Giselle Pupim Jorge Back e Nilceia Frausino.

Com tantas obras criadas durante a formação, os professores pensam em criar uma biblioteca virtual. Os livros ficarão à disposição dos seus alunos.

Segundo Giselle, a ideia foi possibilitar aos professores duas alternativas com o mesmo objetivo. Poderiam escolher o que mais chamasse a atenção para elaborar o livro.

“Passo a passo, os professores foram executando alguns comandos e questionando, sempre participando ativamente. O resultado foi o melhor possível, pois os professores descobriram que poderiam criar uma obra literária sem precisar ser impressa”, comemora a formadora.

Leia Também:  Indígenas recebem 90 caixas de mel para expansão da apicultura em MT

Para expor os livros digitais, os professores criaram um padlet – uma ferramenta digital para construção de murais virtuais colaborativos.

Nova tecnologia

Para uma das participantes, a professora Erica Rinaldo, o curso abriu as portas para dominar a tecnologia, para uma nova fase em seu trabalho.

“Estou verdadeiramente apaixonada por esta ferramenta, muito prática, fácil de utilizar e dá para fazer coisas muito legais e atrativas para as crianças. Estou me atrevendo até em fazer áudio dos livros para os meus alunos. Dessa forma o benefício é para todos de um modo geral, mas principalmente meus alunos com necessidades educacionais especiais”, salienta.

Conforme a formadora Iraci, muitas produções contaram com a participação dos alunos durante as aulas. Outro destaque foi para alguns professores da sala de recurso multifuncional que criaram livros com a parceria das famílias dos alunos enviando fotos e informações.

“Muitos professores da EJA elaboraram livros em homenagem aos seus alunos. E outros contando histórias da infância ou mesmo sua biografia. O resultado é o melhor possível”, assinala.

Leia Também:  Cantora Karola Nunes lança videoclipe contemplado no edital MT Nascentes

Os coordenadores e os representantes das Secretaria Municipais também participaram dos encontros e criaram livros em parceria com os professores ou mesmo com algumas histórias ou eventos das escolas. Todos os livros elaborados pelos professores estão sendo lidos e comentados pela formadora Giselle.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso lança editais “Movimentar” para profissionais da cultura e do esporte

Publicados

em


O governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Alberto Machado, o Beto Dois a Um, lançam nesta terça-feira (15.06), às 15h, os editais “Movimentar”, que visam auxiliar financeiramente os setores de cultura, esporte e lazer durante a pandemia. Serão investidos R$ 2 milhões para contratação de atividades online a serem desenvolvidas pelos profissionais das áreas em todo o Estado.

O lançamento será transmitido pelas redes sociais do Governo de Mato Grosso e as perguntas deverão ser encaminhadas exclusivamente pelos grupos de WhatsApp, que serão abertos no momento do anúncio. Os questionamentos devem ter relação com o assunto.

Movimentar – Cultura

Na área cultural, serão selecionados 250 projetos com valor único de R$ 4 mil, totalizando o investimento de R$ 1 milhão.

As propostas contempladas englobam manifestações artísticas ou práticas culturais desenvolvidas nos segmentos de teatro, dança, circo, literatura, biblioteca, música, audiovisual, artes visuais, artesanato, povos e comunidades tradicionais, culturas LGBTQIA+, urbanas e negras e de matriz africana, patrimônio histórico, produção cultural e economia criativa.

Movimentar – Esporte

Leia Também:  Profissionais da educação aprovam programas de saúde e segurança no trabalho da Seduc

Outros R$ 1 milhão serão investidos para fomentar ações desportivas, paradesportivas e de lazer. Cada proposta aprovada receberá R$ 2.500 para o desenvolvimento das atividades, contemplando no total 400 projetos. 

Serão atendidos profissionais de educação física credenciados pelo Conselho Regional  (CREF-17), gestores esportivos e instrutores de dança e lutas. As propostas selecionadas abrangerão os segmentos de esporte de alto rendimento, saúde, recreação e lazer, esporte de inclusão, esporte educacional, ações formativas e política de gestão e administração esportiva.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA