ÁGUA BOA

Mato Grosso

Projeto Hip Hop Lab realiza diversas oficinas de formação para jovens do Vale do Araguaia

Publicado em

Mato Grosso


O “Laboratório de criação artística – culturas urbanas e tradicionais”, Hip Hop Lab, irá realizar a segunda etapa do projeto no mês de outubro. Na programação está prevista a realização de feiras, rodas de conversas e oficinas de formação. O projeto ocorre em Barra do Garças e foi selecionado no edital MT Nascentes, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

O Hip Hop Lab promove conexão entre culturas urbanas e culturas tradicionais brasileiras por meio da realização de oficinas de discotecagem, técnica de iluminação, produção de beats, mixagem e masterização, rima, repente, capoeira, dança de rua e grafite. As oficinas são gratuitas. O link para inscrição nas oficinas será disponibilizado na bio do Instagram @hiphoplab.araguaia.

Além das oficinas, o projeto realiza batalhas de MC’s, que reuniu cerca de 40 pessoas na primeira etapa. “O projeto proporciona o resgate e a valorização da cultura do povo brasileiro, incorporando elementos da cultura brasileira ao Hip Hop, reafirmando a pluralidade cultural que vibra nesse país continental”, destaca a produtora executiva do projeto, Anne Carmo.

Leia Também:  Operação Lei Seca prende sete motoristas e apreende 49 veículos

O Hip Hop Lab atende jovens da região do Vale do Araguaia e pretende contribuir para o desenvolvimento de negócios criativos e para a formação profissional dos jovens. O projeto e´ desenvolvido pela produtora cultural Anne Carmo, a cantora e compositora Nyre´gia Moreira, o produtor musical GT Flow e os MC’s, cantores e compositores Chernhaki e Nicolaw.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Centro Político Administrativo passar a contar com feira livre a partir desta quinta-feira (16)

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Campo Verde sedia disputas estaduais de handebol dos Jogos Escolares Mato-grossenses

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA