ÁGUA BOA

Mato Grosso

Quarta-feira (02): Mato Grosso registra 411.471 casos e 11.037 óbitos por Covid-19

Publicado em

Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (02.06), 411.471 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.037 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 2.105 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 411.471 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.611 estão em isolamento domiciliar e 386.103 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 456 internações em UTIs públicas e 390 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 84,92% para UTIs adulto e em 44% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (86.560), Rondonópolis (29.658), Várzea Grande (28.597), Sinop (20.450), Sorriso (14.013), Tangará da Serra (14.020), Lucas do Rio Verde (12.592), Primavera do Leste (10.692), Cáceres (8.801) e Alta Floresta (7.820).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Mato Grosso recebe 36.270 doses da Pfizer nesta terça-feira (08)

O documento ainda aponta que um total de 342.547 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 449 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na terça-feira (01.06), o Governo Federal confirmou o total de 16.624.480 casos da Covid-19 no Brasil e 465.199 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 16.545.554 casos da Covid-19 no Brasil e 462.791 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quarta-feira (02.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Governo deposita auxílio para custeio de internet para professores da rede estadual

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Estado inicia construção de aceiros no entorno da área urbana que receberá obra do Jardim Botânico

Publicados

em


Uma ação integrada entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) e Batalhão de Emergências Ambientais, iniciou nesta quinta-feira (17.06) a construção de aceiros mecânicos para prevenir o surgimento de focos de incêndio no entorno da área onde está prevista a construção do Jardim Botânico de Mato Grosso.

A retirada de vegetação é feita com maquinário pesado, sem uso do fogo. Conforme a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, o Estado está desempenhando o importante papel de investir na prevenção com aceiros em vários pontos estratégicos do estado, incluindo o Pantanal, e a Transpantaneira.
 
“Esta é mais uma ação preventiva do Governo de Mato Grosso para evitar incêndios, desta vez, na área urbana, e que tanto prejudica a saúde da população cuiabana, e várzea-grandense. O objetivo é eliminar fatores que possam trazer riscos e incêndios florestais nesta área”, explica a gestora. 
 
 
Conforme a secretária, a efetivação do Jardim Botânico de Mato Grosso está em fase de elaboração de projeto executivo, e será mais uma obra entregue pelo Governo para ser um espaço de lazer da população mato-grossense. A área que está recebendo os aceiros fica na Avenida Antártica, em Cuiabá.
 
Com o aceiro mecânico, as equipes formam o que chamam de “linhas de defesa”, uma barreira natural, sem vegetação e biomassa que alimenta as chamas, por onde o fogo não passa. 
 
 
Período proibitivo do fogo
 
A medida antecede o período proibitivo do fogo, que começa no dia 1º de julho em todo o estado, após antecipação em 15 dias por decreto estadual. Com o decreto, fica proibida qualquer atividade de limpeza de pastagem com o uso do fogo nas áreas rurais até 30 de outubro de 2021. O uso do fogo em áreas urbanas é proibido o ano todo.
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo entrega máquinas e equipamentos para manutenção de rodovias a prefeituras, consórcios e associações
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA