ÁGUA BOA

Mato Grosso

Regionais da Sema são essenciais para desenvolvimento sustentável do interior

Publicado em

Mato Grosso


As nove Diretorias de Unidades Desconcentradas (DUDs) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) asseguram que os serviços ambientais cheguem à população do interior do estado de forma mais eficiente e eficaz. As regionais atendem as demandas locais de forma ágil e são essenciais para o desenvolvimento sustentável da região.

Entre os serviços oferecidos pelas regionais estão o de fiscalização, vistoria, inspeção e emissão de licenças. As Diretorias de Unidades Desconcentradas estão inseridas em Sinop, Alta Floresta, Cáceres, Barra do Garças, Juína, Rondonópolis, Tangará da Serra, Guarantã do Norte e Confresa.

Nos 7 primeiros meses de 2021 foram aplicados R$ 107 milhões em multas e 23 mil hectares de área embargada durante operações de fiscalização realizadas pelas regionais. Também foram lavrados 619 autos de infração, 376 termos de embargo, 134 termos de apreensão e 492 notificações entre janeiro e julho. 730 licenças foram emitidas pelas regionais aptas para realizar esse serviço.

O programa de desconcentração da Sema, por meio das diretorias regionais, integra o projeto Mato Grosso Sustentável, financiado pelo Fundo Amazônia. Nos últimos anos as DUDs receberam material de apoio, equipamentos, veículos, mobiliário e capacitação. Entre os materiais recebidos estão uniformes e kits de proteção individual para aprimorar a segurança durante a execução de trabalhos de campo.
                                                                                                                                                                  As regionais permitem a presença da Sema em todas as regiões do Estado, destaca a Superintendente de Atendimento, Desconcentração e Descentralização da Sema, Helen Ferreira. “Facilita o acesso aos protocolos, processos e serviços. É vantajoso tanto para a população local quanto para a própria secretaria, pois evita o deslocamento de servidores. Uma unidade regional da Sema resolve muitas questões importantes e fortalece o nome da instituição na região”.

Leia Também:  Mais de 2,2 mil vagas de emprego estão disponíveis nesta semana em Mato Grosso

Helen também ressalta que a construção de novas sedes de regionais irá melhorar a qualidade de serviço para população e valorizar os servidores que prestam serviço no local. As sedes das DUDs de Alta Floresta, Confresa, Guarantã do Norte e Tangará da Serra estão com o projeto de construção aprovado pela Secretaria de Infraestrutura (Sinfra). Os recursos são do Fundo Amazonia e a previsão é que as obras sejam entregues em 2022.

“A regional é a ponta da secretaria e está diretamente ligada com o licenciamento e ações de fiscalização, é quem dá a primeira resposta aos problemas apresentados na região. As unidades do interior tem uma importância enorme, pois além da economia de tempo e dinheiro pelo fato da população não precisar se deslocar até Cuiabá para fazer seus requerimentos, a fiscalização consegue de forma mais ágil atender as demandas e denúncias referentes aos ilícitos ambientais praticados na região”, explica o diretor da unidade de Alta Floreta, Vinicius Rezek.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Governo de MT realiza maior entrega da história da agricultura familiar: R$ 106 milhões em equipamentos

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Agricultura Familiar (Seaf), realiza na próxima sexta-feira (24.09) a maior entrega de equipamentos da história da agricultura familiar no Estado. Até junho de 2022, os investimentos na área chegarão a soma de R$ 106 milhões.

A entrega, que integra o Programa Mais MT, será às 15h, no espaço de eventos do Cenarium Rural, em Cuiabá, onde já está exposto parte dos itens que serão repassados à sociedade.

Nesta etapa, serão repassados mais de R$ 50 milhões em maquinários, veículos, agroindústrias, aquisição de produtos da agricultura familiar, reforma e construção de feiras, insumos, serviços, assinaturas de convênios, dentre outros para prefeituras, associações e cooperativas ligadas ao atendimento do agricultor familiar.

Serão entregues 54 veículos Fiat strada, 20 pick-up hilux, 29 motoniveladoras, 22 distribuidores de calcário, 08 escavadeiras hidráulicas, 300 resfriadores de leite, 17 ensiladeiras, 04 caminhões de leite, 20 motocultivadores, 02 caminhões baú de carga seca, um caminhão refrigerado, 02 plantadeiras e adubadeira de mandioca, um perfurador de solo e 08 pás carregadeiras. No evento serão assinados ainda convênios para o repasse de sêmen bovino, embrião e calcário aos municípios.

Leia Também:  Mais de 2,2 mil vagas de emprego estão disponíveis nesta semana em Mato Grosso

De acordo com o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral, as entregas irão estruturar o trabalho de campo das secretarias de agricultura de 120 dos 141 municípios mato-grossenses, além de fortalecer a atuação de associações e cooperativas ligadas ao setor.

“Aos poucos vamos mostrando que a agricultura familiar, assim como o agronegócio, depende também de investimentos para avançar. Queremos ao longo dos anos, fazer com que Mato Grosso, como ocorre com os grãos, seja independente na produção de hortifrutigranjeiros e demais culturas como café, cacau, produção de leite, que hoje vem em grande parte de outros estados”, comenta o titular da Seaf.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA