ÁGUA BOA

Mato Grosso

Seciteci entrega materiais pedagógicos para alunos Mediotec de Técnico em Agropecuária

Publicado em

Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) entregou materiais pedagógicos para as Escolas Técnicas Estaduais (ETEs) realizarem as aulas do curso Mediotec, de Técnico em Agropecuária, em nove municípios fora de sede. 

Ao todo 342 alunos iniciaram o curso de forma híbrida. Segundo o secretário da Seciteci, Nilton Borgato, o curso Mediotec é realizado em parceria com o Governo Federal, por meio do programa Novos Caminhos e, tem como objetivo, capacitar o maior número de profissionais para o mercado de trabalho.

“O Mediotec é um programa que oportuniza aos alunos da rede pública cursar ao mesmo tempo, um curso técnico. Esta ação é focada em oportunizar a estes jovens o ingresso ao mercado, logo após a conclusão dos estudos, e, assim diminuir as desigualdades sociais e ampliar a geração de emprego e renda no Estado”, informou o gestor.

O secretário adjunto de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Stephano Benevides do Carmo, fez algumas visitas técnicas em unidades escolares que estarão sediando as aulas. Na ocasião, ele reforçou que Mato Grosso é um dos estados que mais cresce e gera empregos formais, portanto, é importante preparar os jovens para o mercado de trabalho.

Leia Também:  Procon-MT realiza parceria com Procon-MG para criar Fórum Municipal no estado

“Estive nos municípios de Alto da Boa Vista e Querência, que estão ligados a Escola Técnica de Barra do Garças, onde participamos da aula inaugural e entregamos materiais pedagógicos, para que estes alunos tenham o melhor desempenho nas aulas. É o Estado cumprindo seu papel social, investindo no ensino técnico para formar mão de obra qualificada. Essa é a orientação do governador Mauro Mendes e do nosso secretário da Seciteci Nilton Borgato”, explicou.

O secretário de Cultura de Alto Boa Vista, Márcio Américo, que já foi aluno da Seciteci, acompanhou a ação. Na oportunidade, ele reforçou a importância do ensino profissionalizante para ingressar no mercado de trabalho.

“Um curso técnico torna o jovem, que muitas vezes não tem perspectiva nenhuma, no autor da sua própria história. Estamos felizes por poder oportunizar uma nova chance para estes alunos, que com certeza sairão do curso empregados. Além disso, esta ação movimenta a economia local e promove o crescimento da região”, disse.

As turmas serão coordenadas por cinco Escolas Técnicas do Estado: Barra do Garças (Querência e Alto Boa Vista), Sinop (em União do Norte, que é distrito de Peixoto de Azevedo), Alta Floresta (Colniza e Conselvan, que é distrito de Aripuanã), Lucas do Rio Verde (em Santiago do Norte, distrito de Paranatinga) e Tangará da Serra (responsável por Campos de Júlio, Mirassol D’Oeste e Pontes e Lacerda).

Leia Também:  Conselho aprova aumento de incentivos fiscais para carne bovina

“Estamos levando educação profissional em lugares distantes, atendendo as necessidades destas regiões. Ao todo são onze turmas, pois em alguns municípios a demanda foi muito alta, então abrimos duas. Os cursos são ofertados em cidades localizadas no entorno das Escolas Técnicas, que serão responsáveis por todo suporte e atendimento delas” explicou o adjunto.

Entre os materiais distribuídos estão cadernos, livros, canetas, mochilas, botinas e camisetas. Além disso todo material necessário para aulas práticas também serão fornecidos.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  PMMT faz visita técnica na Brigada Militar do Rio Grande do Sul para modernizar atendimento da Corregedoria

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Conselho aprova aumento de incentivos fiscais para carne bovina

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA