ÁGUA BOA

Mato Grosso

Secretário de infraestrutura vistoria obras de pavimentação da MT-343 e da ZPE em Cáceres

Publicado em

Mato Grosso


O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, vistoriou o andamento das obras de pavimentação da MT-343 e da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Mato Grosso, ambas no município de Cáceres. Essas obras são fundamentais para o desenvolvimento econômico das 22 cidades que compõem a região Oeste do Estado.

Na MT-343, o secretário fiscalizou especificamente a obra que é executada no trecho entre os municípios de Porto Estrela e Cáceres, totalizando 64,4 quilômetros. Marcelo de Oliveira esteve acompanhado dos deputados estaduais Valmir Moretto e Dr. Gimenez, prefeitos municipais e demais autoridades da região.

Somente na MT-343, o Governo do Estado pretende pavimentar quase 120 quilômetros nos municípios de Cáceres, Porto Estrela e Barra do Bugres. Dessa extensão, o trecho de 24,6 quilômetros entre Cáceres e o KM 46,5 da rodovia já foi concluído. “Temos 450 obras em execução no Estado. Aqui na região Oeste temos quase 60 obras em execução, de pavimentação, pontes, hospitais e escolas. É um governo que tem trabalhado em todas as áreas”, afirmou o secretário.

Ainda segundo o secretário, a MT-343 é considerada uma das principais rodovias da região, pois permite a interligação das BR-070 e BR-364, além de garantir a ligação asfáltica entre os municípios. “Essa pavimentação vai interligar a região produtora do Médio-Norte, em Barra do Bugres, diretamente à Zona de Processamento de Exportação de Mato Grosso, que está em obras. Este é o Governo do Estado solucionando mais um gargalo logístico dessa região”, disse.

Leia Também:  Escola Tiradentes de Rondonópolis promove corrida virtual e solidária; inscrições terminam nesta quinta-feira (10)

Já fiscalizando a ZPE, Marcelo de Oliveira e comitiva acompanharam o andamento das obras, que foi prometida há mais de 30 anos e que começa a tomar forma agora, após a atuação do Governo de Mato Grosso para reestruturar e readequar o projeto inicial.

A expectativa é de que a conclusão das obras possibilite a ampliação da competitividade para as exportações de Mato Grosso, já que vai permitir a instalação de empresas voltadas à produção de bens a serem comercializados no exterior, que terão acesso a tratamento tributário, cambial e administrativo específico. 

“Quando o governador Mauro Mendes assumiu o Governo do Estado, ninguém acreditava que isso aqui se tornaria uma realidade. O governador veio aqui, já tínhamos iniciado a obra, reformulado todo o projeto, tínhamos ainda algumas pendências. Fiquei contente quando empresas do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas estiveram aqui olhando e viram que a ZPE é uma realidade. Estamos com várias frentes de serviço e a empresa está mobilizada com todas as atividades, produzindo para a entrega ainda este ano”, disse Marcelo de Oliveira.

Acompanhando a vistoria das obras, o deputado Valmir Moretto reconheceu o empenho e o trabalho do Governo de Mato Grosso em investir em todo o Estado, especialmente na região Oeste, para melhorar a infraestrutura rodoviária e concluir a ZPE, que vai  proporcionar o desenvolvimento das cidades e realizar o sonho de toda uma população.

Leia Também:  Gefron apreende veículo com mais de 150 pacotes de entorpecentes em Pontes e Lacerda

“Quero agradecer o Marcelo, pois quem tem compromisso, tem vontade e quer feito, com eficiência e competência para fazer, faz a parte técnica e vistoria in loco e fiscaliza in loco. Esse é o compromisso do governador e do secretário.Estamos acreditando e apostando que vamos entregar essa obra durante a gestão”.

O deputado Dr. Gimenez também destacou a importância das obras da ZPE para o fortalecimento do município de Cáceres e da economia de todo o Mato Grosso. 

“Moro na região há 43 anos e há 30 anos tenho ouvido falar da ZPE e agora, felizmente, a ZPE é uma realidade. Essa visita ao canteiro de obras mostra que o secretário está acompanhando de perto. Que está aí sendo feita. O governador vai ser lembrado por essa obra. Tenho certeza que a região terá um impulso econômico muito grande. Serão 22 municípios beneficiados. A obra em si é grande, mas maior ainda é nossa esperança de que ela vai trazer benefício para a economia local”, encerrou.

(Com informações da assessoria do deputado Valmir Moretto)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (12): Mato Grosso registra 427.572 casos e 11.390 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (12.06), 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.390 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.001 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.788 estão em isolamento domiciliar e 400.171 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 478 internações em UTIs públicas e 352 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,19% para UTIs adulto e em 39% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.250), Rondonópolis (31.210), Várzea Grande (29.177), Sinop (20.758), Sorriso (14.750), Tangará da Serra (14.607), Lucas do Rio Verde (13.090), Primavera do Leste (10.954), Cáceres (9.221) e Alta Floresta (8.131).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  1ª unidade do Corpo de Bombeiros em Santo Antônio de Leverger vai fortalecer combate aos incêndios na região do Pantanal

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (11.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.296.118 casos da Covid-19 no Brasil e 484.235 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.210.969 casos da Covid-19 no Brasil e 482.019 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (12.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Em Mato Grosso, 22 municípios estão com risco alto de contaminação pela Covid-19

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA