ÁGUA BOA

Mato Grosso

Seduc abre inscrições para 245 vagas em curso de Libras

Publicado em

Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Educação, por meio do Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial (Casies), abriu inscrições para 245 vagas do curso de Libras do segundo semestre.

As vagas são gratuitas e o curso será presencial, com carga horária de 50 horas. Haverá uma aula por semana, com duração de 3 horas cada uma, com início no dia 13 de setembro e encerramento no dia 13 de dezembro.

São 70 vagas para o período matutino (das 8h às 11h) e 175 para o período vespertino (14h às 17h). Não há vagas para o período noturno.

As turmas serão reduzidas, com o número máximo de 15 alunos por turma, para garantir as medidas de biossegurança no combate à Covid-19.

As inscrições devem ser feitas pelo formulário online disponível no site www.casies.com.br, até o dia 13 de setembro. As vagas serão preenchidas por ordem de recebimento das inscrições.

O candidato matriculado que não comparecer nas duas primeiras aulas do curso terá a matrícula cancelada e a vaga será disponibilizada para o cadastro reserva, obedecendo a ordem de recebimento das inscrições.

Leia Também:  Prefeito de Primavera do Leste: "É o maior marco de desenvolvimento que poderia ter acontecido para o Estado de Mato Grosso"

O aluno com quatro faltas consecutivas durante o período do curso será considerado desistente.

As aulas serão ministradas na Escola Estadual Antônio Cesário Neto, onde funciona o Casies. Fica na Travessa Francisco de Siqueira, número 195, bairro Bandeirantes, Cuiabá.

Requisitos

Para matricular-se no curso de Libras o candidato deverá obedecer aos seguintes requisitos: ter idade mínima de 18 anos completos e ter disponibilidade de tempo, de acordo com o período e horário ofertado pelo Casies.

Para a aprovação nos cursos é necessária a frequência mínima de 75% da carga horária/semestre.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Prefeito de Primavera do Leste: “É o maior marco de desenvolvimento que poderia ter acontecido para o Estado de Mato Grosso”

Publicados

em


Com a construção da primeira ferrovia estadual a rota de desenvolvimento econômico e industrial de Mato Grosso ganhará novos rumos e impactará positivamente em todas as regiões. Este é o ponto de vista do prefeito de Primavera de Leste, Leonardo Bortolin, após acompanhar o ato de assinatura para a construção do modal, realizado na última semana em Cuiabá.

A obra prevê a estruturação de 730 quilômetros de linha férrea que vão interligar os municípios de Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, e que vão se conectar à malha ferroviária nacional, em direção ao Porto de Santos (SP).

“É o maior marco de desenvolvimento que poderia ter acontecido para Primavera do Leste e para o Estado de Mato Grosso. A Ferrovia vai mudar a característica de progresso, fazendo com que as riquezas produzidas no nosso Estado cheguem com preços, competitividade e qualidade logística até São Paulo para fazer a exportação”, afirmou o prefeito. 

O gestor também destacou que a obra contribuirá na logística de escoamento de grãos. 

Leia Também:  Passeio ciclístico marca encerramento da Semana Nacional de Trânsito em MT

“Primavera vai se consolidar com terminal dessa malha ferroviária para poder fazer, não somente o escoamento da produção agrícola, mas também da indústria da transformação e das grandes âncoras de mercado que estão se instalando na região Sul”.

A assinatura do contrato do Governo do Estado com a empresa Rumo S/A foi realizada em Cuiabá, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. O início da construção do modal está previsto para o segundo semestre de 2022, com investimento de R$ 11,2 bilhões (recursos 100% privados).

O trecho entre Rondonópolis e Cuiabá deve ser concluído e entrar em funcionamento no ano de 2025; enquanto a operação no trecho Cuiabá a Lucas do Rio Verde deverá começar em 2028.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA