ÁGUA BOA

Mato Grosso

Segunda edição do ‘Cidades Inovadoras’ discute planejamento de ações para municípios de MT no contexto da pandemia

Publicado em

Mato Grosso


Mais de 400 pessoas participaram da segunda edição do evento “Cidades Inovadoras”, realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), por meio do Parque Tecnológico Mato Grosso, desta vez executado em formato virtual. O número superou as expectativas dos organizadores, que criaram uma plataforma digital para a transmissão das palestras, que contou com preletores de diversos países.

Com o tema: “O que muda para o planejamento e ações nas cidades: a nova realidade no contexto de pandemia”, o evento contou no primeiro dia com a participação de palestrantes e painelistas de Portugal, Luxemburgo e Israel. No segundo dia, teve a presença de palestrantes chineses e de diversas cidades do Brasil.

O objetivo é oportunizar conhecimento, reflexões e ações que possam ser implementadas nas cidades de Mato Grosso, por meio da apresentação de soluções existentes, de casos de sucesso e de estudos quanto às principais tendências da temática. O público alvo são: gestores, acadêmicos, estudantes, além da iniciativa privada que integram o ecossistema de inovação, gestão e pesquisa do Estado de Mato Grosso.

O governador Mauro Mendes participou da abertura do evento e, na oportunidade, reforçou que os municípios mato-grossenses precisam se preparar e se adequar aos novos padrões tecnológicos e inovadores pra avançar no processo de desenvolvimento e acelerar o crescimento.

Leia Também:  Policiais civis localizam casal que arrombou camionete em rodovia e apreendem centenas de materiais furtados

“A pandemia nos forçou a trazer novos moldes de eventos e ações usando a tecnologia a nosso favor, um evento como este, de forma presencial certamente teria um custo muito maior, então precisamos focar em novas ações. E algumas coisas são possíveis serem realizadas, não estão distantes, temos conhecimento, milhões de gigas e redes disponíveis, o desafio é transformar a informação em conhecimento, e, o conhecimento em ações efetivas”, disse.

Segundo o secretário da Seciteci, Nilton Borgato, a programação trouxe compartilhamento de informações, ampliou a percepção de oportunidades na adoção de novas práticas e soluções inovadoras.

“O evento oportunizou aos gestores acompanhar de forma virtual, uma ampla programação com painéis voltados a falar de cidades prósperas, cidades estratégicas e foco em pessoas. Com debates, compartilhamento de experiências, conexão com oportunidades de negócios e outras atividades voltadas à retomada da economia pós pandemia”, falou. 

A superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação, Lectícia Figueiredo, afirma que a expectativa foi superada, com mais de 400 inscritos, e com média de 200 pessoas acompanhando o evento ao vivo, nos dois dias.

Leia Também:  Primeira-dama recebe Título de Embaixadora do projeto Chica & Fuxico

“O evento trouxe subsídios para incentivar as cidades a promover ações inovadoras focadas em melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, como soluções para a saúde, segurança pública, como centros de inovação e parques tecnológicos de sucesso, tudo para inspirar nossas cidades a se desenvolver e crescer”, falou.

O coordenador do Parque Tecnológico, Rogério Nunes, ressalta a importância de um evento como esse para o avanço e incentivo do desenvolvimento e atuação das cidades no campo das ciências.

“O evento cidades inovadoras em sua segunda edição contribuiu de forma positiva para fortalecer as conexões entre ecossistemas de inovação de grande destaque nacional e internacional, além de fomentar ações em ciência, tecnologia e inovação de forma que os mato-grossenses sejam diretamente beneficiados”, comentou.

O evento com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e da empresa Titânia Telecom.  A transmissão foi realizada direto do auditório da Famato na plataforma oficial AQUI. As edições do evento ficarão disponíveis no canal do Youtube da Seciteci.

Leia mais em:

Seciteci realiza segunda edição do evento Cidades Inovadoras

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Ipem-MT intensifica operações e fiscaliza mais de 22 mil produtos no Estado

Publicados

em


No primeiro semestre de 2021, o Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT) realizou nove operações especiais, que resultaram na fiscalização de 22.242 produtos, dos quais 19.133 foram aprovados e 2.847 reprovados após análise técnica.

O maior volume de produtos fiscalizados neste ano ocorreu na operação “Volta às Aulas”, em fevereiro, na qual foram examinados 19.096 materiais escolares, desse total 1.964 foram reprovados por estarem fora dos padrões. Os demais, após certificação laboratorial, foram aprovados.

De acordo com o presidente do Ipem-MT, Bento Bezerra, há dois tipos de operações, as regulares, que ocorrem ao longo do ano em datas definidas e há operações organizadas após denúncias.

“Em datas específicas como o Dia das Mães é normal executarmos ação fiscalizatória. Neste ano focamos nos produtos têxteis, como peças íntimas, meias, cama e banho. Na ocasião foram vistoriados 1.965 produtos, todos aprovados. Mas tivemos situações que levaram a mobilizar nossos técnicos de imediato, como a denúncia de venda de fios e cabos elétricos irregulares na região do grande CPA”, explica ele.

Leia Também:  Primeira-dama recebe Título de Embaixadora do projeto Chica & Fuxico

Os canais de denúncia do Instituto também originaram operações de fiscalização de copos plásticos, de extintores de incêndio, empresa de instalação de sistema de gás natural veicular, de diversos produtos com selo falso do Inmetro e em seis postos de combustíveis da Capital.

As ações foram realizadas em parceria com a Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon-MT), Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT) e Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Denúncia

As denúncias podem ser feitas pelo telefone: (65) 3624-8785 ou via e-mail: [email protected], sem identificação da pessoa que entra em contato.

Multa

De janeiro a junho de 2021 foram emitidos 1.211 autos de infração, com base no sistema do Ipem/Inmetro-MT. Aplicados com base na lei nº 12.545/2011, que estipula multas decorrentes de processo administrativo que pode variar de R$ 100,00 a R$ 1,5 milhão, conforme a gravidade da infração.

Leia Também:  Live da CGE reforça a importância da Ouvidoria na defesa dos direitos dos usuários de serviços públicos
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA