ÁGUA BOA

Mato Grosso

Seplag se reúne com dirigentes do Sinpaig e apresenta melhorias feitas pelo Estado em prol do funcionalismo

Publicado em

Mato Grosso


Nesta quarta-feira (09.06) o secretário de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, se reuniu com o presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Meio (Sinpaig), Edmundo Cesar Cicero Leite, e o secretário geral, Antônio Wagner Nicácio de Oliveira, para apresentar algumas melhorias feitas pelo Estado em prol do funcionalismo e ouvir as demandas da classe.

Este foi o oitavo sindicato que a Seplag recebeu nos últimos dias. O encontro teve como objetivo manter diálogo aberto e franco com os servidores buscando sempre ouvir e atender dentro da legislação e das possibilidades de gestão, as demandas coletivas e individuais de cada um.

O presidente do Sinpaig avaliou a reunião como positiva. “Esta reunião foi muito importante para nossa carreira, pois trouxemos algumas necessidades da categoria que foram recebidas e que serão analisadas. É isso que a gente esperava, apresentar propostas, ouvir propostas, para daí chegarmos a um denominador comum”, disse.

Entre as demandas do Sinpaig estão o pagamento das verbas rescisórias, que já estão sendo pagas pelo Estado, reestruturação da carreira, filiações dos sindicalizados, entre outros assuntos.

O titular da Seplag se colocou à disposição da entidade para dialogar sempre que necessário e também apresentou diversas melhorias voltadas ao servidores públicos. “Já ouvimos oito entidades e continuaremos escutando as outras. Nossa meta é valorizar o servidor público, pois é ele que faz a máquina pública funcionar, e para isso queremos contar sempre com a ajuda dos sindicatos”.

Leia Também:  Bombeiros e servidores da Sema são habilitados para utilização de pás carregadeiras

O secretário geral do Sinpaig disse que nada mais justo discutir as especificidades de cada carreira individualmente. “Temos pautas que são coletivas, mas aqui trouxemos assuntos basicamente da nossa categoria, e foi muito importante colocar na mesa o que a gente espera da administração para a categoria. Essa abertura do secretário Basílio foi muito importante”.

Ações voltadas aos servidores

Durante o encontro Basílio destacou algumas ações que constam em ofício encaminhado na semana passada a todos os sindicatos.

Entre elas está a previsão na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022 enviada à Assembleia Legislativa no último dia 28 de pagamento de 5,05% da RGA do próximo ano, o que representa um impacto financeiro de R$ 489,7 milhões, o pagamento do salário dentro do mês trabalhado, a padronização e melhoria no valor das diárias, o parcelamento de férias em até três períodos, a possibilidade do servidor dobrar o usufruto da licença-prêmio trabalhando meio período, a modernização da estrutura física dos órgãos públicos e a celeridade nos processos de progressão de carreira.

O pagamento de verbas rescisórias, a criação da indenização excepcional aos profissionais de saúde contratados temporariamente em regime de plantão, a criação da Verba Indenizatória Extraordinária de Combate à Covid-19, a correção monetária sobre os salários escalonados entre agosto de 2017 a outubro de 2019, incluindo o 13º, também foram citados.

Além disso, o Estado aumentou a margem consignável e o prazo para até 120 meses para empréstimos consignados, priorizou o trâmite de processos administrativos para servidores com sequelas da Covid-19 e outras enfermidades graves.

Leia Também:  Unidade do Ganha Tempo distribui mudas de plantas à população cacerense

A automatização das rescisões para servidores exclusivamente comissionados, a possibilidade do servidor em substituição ao chefe imediato receber pelo cargo comissionado, quando o substituir por mais de 10 dias, a regulamentação na movimentação de servidores e a aposentadoria por agendamento também foram destacados.

A qualificação profissional promovida pela Escola de Governo com a ampliação da oferta de cursos online e digitais, que registrou um crescimento de 500% do número de vagas na modalidade de Ensino a Distância (EAD) durante a pandemia também foi destaque no documento, dentre várias outras iniciativas da administração pública.

Entre os benefícios administrativos diretos e indiretos concedidos aos servidores, ainda existem outros em fase de análise e elaboração de atos normativos como é o caso da lei de redução de carga horária para servidores que tenham dependentes Portadores de Necessidades Especiais.

O titular da Seplag também informou aos dirigentes que o governo enviará à Assembleia Legislativa projetos de lei que regulamenta o teletrabalho, cria banco de horas para os servidores públicos, que concede licença maternidade à gestante sem exigência de perícia médica e licença adotante de 180 dias para todas as servidoras, independentemente da idade do menor adotado.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (12): Mato Grosso registra 427.572 casos e 11.390 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (12.06), 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.390 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.001 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.788 estão em isolamento domiciliar e 400.171 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 478 internações em UTIs públicas e 352 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,19% para UTIs adulto e em 39% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.250), Rondonópolis (31.210), Várzea Grande (29.177), Sinop (20.758), Sorriso (14.750), Tangará da Serra (14.607), Lucas do Rio Verde (13.090), Primavera do Leste (10.954), Cáceres (9.221) e Alta Floresta (8.131).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Sine MT disponibiliza mais de 1,4 mil oportunidades de emprego nesta semana

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (11.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.296.118 casos da Covid-19 no Brasil e 484.235 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.210.969 casos da Covid-19 no Brasil e 482.019 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (12.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Governo de Mato Grosso consegue autorização para vacinar lactantes contra a Covid-19

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA