ÁGUA BOA

Mato Grosso

Servidores acompanhados por equipes da saúde enfatizam importância da ajuda

Publicado em

Mato Grosso


Servidores do polo da Diretoria Regional de Educação (DRE) de Tangará da Serra recebem nesta semana acompanhamentos do Programa Educação para Redução do Absenteísmo (ERA) e do Plano Estadual de Readaptação do Profissional da Educação (PERPE), realizados por profissionais que integram o Comitê Setorial de Saúde e Segurança do Trabalho da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Os trabalhos iniciaram na terça-feira (08.06) e seguem até esta quarta-feira (09.06).

Eliete Aparecida Nunes, de 50 anos, que trabalha como apoio administrativo da Escola Estadual Jada Torres, em Tangará da Serra, foi uma das pessoas assistidas pela equipe multidisciplinar do Programa ERA.

“Achei o atendimento muito bom, foram todos muito atenciosos. Desde que sofri um acidente de trabalho, há alguns meses, eu já vinha conversando com psicólogos e assistentes sociais da Seduc, o que foi muito importante. A equipe nunca mediu esforços para ajudar”, disse.

Outra servidora acompanhada foi Arlete Almeida Rodrigues Costa, de 53 anos, que está longe das atividades desde 2009 por causa de um acidente sofrido quando estava a caminho do trabalho. Ela é lotada como apoio administrativo na Escola Estadual Evangélica Assembleia de Deus, em Barra do Bugres.

Leia Também:  Governo recebe sindicatos para ouvir demandas

“Gostei muito do atendimento e das orientações que recebi hoje dos profissionais da Seduc. É ótimo ter alguém que ouve a gente, que está ajudando a cuidar da gente. Espero que esse programa continue por muito tempo”, disse.

O enfermeiro do trabalho Everson Couto Leite é um dos integrantes do Comitê Setorial de Saúde e Segurança do Trabalho. Nos acompanhamentos, ele realiza aferição da pressão e da temperatura corporal, verifica a saturação e a frequência cardíaca, pesagem, faz cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), entre outras atribuições.

“Há muitos casos de servidores com artrite, artrose, problemas na coluna, por exemplo. Nesses casos verificamos os locais de dores e damos todas as orientações necessárias. Em alguns casos damos posterior encaminhamento para um médico”, disse.

Ele contou que a receptividade dos profissionais da educação atendidos tem sido muito positiva e gratificante. “Eles percebem que estamos lutando pela saúde deles, que estamos buscando ajudar”, relatou.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Obra do Hospital Regional de Sorriso avança e enfermarias já começam a ser mobiliadas

Publicados

em


A obra de ampliação da ala Covid-19 no Hospital Regional de Sorriso está avançando; serão 20 novos leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI na unidade. A ala ainda integrará 20 leitos de enfermaria Covid-19 que já funcionavam na unidade, mas que serão realocados à nova estrutura.

A previsão é de que a ampliação seja concluída em julho, quando os leitos entrarão em funcionamento. As enfermarias já começaram a ser mobiliadas.

“Estive no Hospital Regional de Sorriso na semana passada e nesta sexta-feira voltei para supervisionar o andamento da obra. Estamos acompanhando de perto essa ampliação e trabalhamos muito para que esses leitos Covid-19 entrem em funcionamento o quanto antes”, disse o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, durante supervisão presencial à unidade.

Conforme análise da Superintendência de Obras da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), a ampliação do Hospital Regional de Sorriso está 90% concluída. Mesmo com a dificuldade da indústria em fornecer os materiais de construção civil, os procedimentos estão avançando. 

Leia Também:  Doses da vacina Pfizer serão enviadas para Mato Grosso nesta quinta-feira (03)

“Como o hospital está em funcionamento, essa obra ocorre por etapas. A primeira fase da obra deveria ter sido entregue em abril, se não houvesse a necessidade de adequação às normas de biossegurança frente à pandemia pela Covid-19, que exige a compra de materiais específicos. Porém, a obra está avançando”, concluiu a superintendente de obras da SES-MT, Mayara Galvão.

O prazo final para a conclusão da última etapa da ampliação é agosto de 2021. Nesta fase, haverá a ampliação do pronto atendimento e da recepção do Hospital Regional. Já a fase de modernização será iniciada a partir do mês de agosto. 

É importante destacar que o Hospital Regional está em pleno funcionamento e que não há prejuízo aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA