ÁGUA BOA

Mato Grosso

SES promove IV Encontro Intersetorial de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio

Publicado em

Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) promove, nas manhãs dos dias 14 e 15 de setembro, o IV Encontro Intersetorial de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio no Setembro Amarelo. O evento terá início às 8h30 desta terça-feira (14.09) e será transmitido virtualmente pelo canal do YouTube da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso.

A programação faz alusão à campanha do Setembro Amarelo e ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, que é rememorado anualmente em 10 de setembro.

“Esse é um trabalho que precisa ser contínuo e intersetorial. Não é possível enfrentar o suicídio sem investir na Promoção da Saúde como política de inclusão e justiça social. É preciso fomentar os direitos fundamentais de toda a população, que perpassam pelos determinantes sociais, econômicos, políticos, culturais e ambientais. Em 2021, daremos visibilidade ao tema da Promoção da Cultura da Paz, abordando as tecnologias sociais que favorecem a mediação de conflitos diante de situações de tensão social, garantindo os direitos humanos e as liberdades fundamentais, reduzindo as violências e construindo práticas solidárias”, explicou a gestora da Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde, Rosiene Pires.  

Leia Também:  Governo de MT já pactuou 98% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

No primeiro dia do encontro, será promovida uma Conferência Magna sobre “Promoção da Cultura da Paz: contribuições em cenários desafiadores”. A temática será abordada por servidoras da Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo (SES-SP), que atuam na região de São José dos Campos. A mestra e médica Fátima Aparecida Ribeiro, idealizadora do Núcleo VIVA a Paz e membro do Conselho Municipal de Cultura de Paz, e a técnica Débora Assis de Oliveira Furlan, psicóloga na área da Saúde Mental, membro do Conselho de Cultura de Paz do município e também idealizadora do Núcleo VIVA a Paz.

Às 9h35, iniciará uma mesa com a temática das “Intervenções e Oportunidades para a Promoção da Vida ”, que será ministrada pela doutoranda em psicologia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), idealizadora e fundadora do Comitê de Prevenção e Posvenção do Suicídio da Secretaria de Saúde de Maringá (PR), Raquel Pinheiro Niehues Antoniassi, que tratará da abordagem sobre a “Comunidade Escolar – caminhos e oportunidades para Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio”. O módulo também contará com o relato da técnica da Coordenadoria de Atenção às Doenças Crônicas da SES, Adriana Guirado Rao.

Leia Também:  Semana Nacional de Trânsito começa com ação de conscientização em bares e restaurantes

Na quarta-feira (15.09), segundo dia de encontro, haverá uma mesa para debater a Promoção da Vida no contexto da pandemia pela Covid-19 em Mato Grosso. Integrarão o debate a especialista e técnica Coordenadoria de Atenção às Doenças Crônicas da SES, Luciana Gomes de Souza, a doutoranda em enfermagem no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Jesiele Spindler Faria, e a psicóloga doutora da área técnica de Saúde Mental da SES, Daniela Santos Bezerra.

Os interessados em participar do encontro podem acessar este link antes das transmissões, que terão início às 8h30. Após o evento, os participantes poderão receber um certificado equivalente às 7h por dia.

Confira a programação completa em anexo.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Sinop adere ao Mais MT Muxirum e já tem 20 turmas formadas

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Primeira-dama do Estado recebe título de cidadã barra-garcense em reconhecimento por programas sociais

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA