ÁGUA BOA

Mato Grosso

Sesp e Prefeitura firmam parceria para executar reforma na rede de esgoto de cadeia pública

Publicado em

Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Segurança Pública e a Prefeitura de Porto dos Gaúchos celebraram na tarde desta quarta-feira (08.09) um Termo de Cooperação para a reforma do Sistema de Tratamento de Esgoto com Fossa Séptica na Cadeia Pública da cidade.

O município vai elaborar o projeto para execução da obra, fornecer os materiais relacionados na Planilha Quantitativa, fiscalização da obra, dentre outros deveres previstos. A obra será executada com a mão de obra dos recuperandos da unidade.

Para o prefeito de Porto dos Gaúchos, Vanderlei de Abreu, o termo de cooperação foi a saída jurídica legal para que o município pudesse investir em melhorias na Cadeia Pública da cidade. Ele vê na parceria, uma forma de retribuição.

“Eles ajudam muito o município. Os reeducandos trabalham varrendo as ruas, cuidam das praças, fazem a poda das árvores, tem uma marcenaria comunitária lá, fábrica de tijolo é uma forma de somar com a sociedade”.

Dez reeducandos trabalham no município e recebem um salário mínimo pelos serviços prestados, além de ter a remição da pena.

Leia Também:  Mato Grosso recebe 17.550 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (15)

Para o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Jean Gonçalves, é importante o apoio das prefeituras com o sistema penitenciário, porque isso também é investimento em segurança pública.

Também participaram da reunião o vereador de Porto dos Gaúchos tenente Donizete, os secretários adjuntos de Administração SIstêmica, Lodir Manoel Heitor, de Segurança Pública, Carlos George Davim, de Administração Penitenciária, Jean Goançalves e o de Integração Operacional, coronel PM Juliano Chiroli. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Seplag viabiliza restauração da Companhia da PM do Palácio

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Operação Lei Seca prende sete motoristas e apreende 49 veículos

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA