ÁGUA BOA

Mato Grosso

“Um olhar para o outro” é tema do Setembro Amarelo na Seplag

Publicado em

Mato Grosso


Nesta sexta-feira, 10 de setembro, é celebrado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Em vista disso, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) lança a sua mais recente campanha: “Um olhar para o outro”.

Idealizada pela Secretaria Adjunta de Administração Sistêmica da Seplag, por meio da Coordenadoria de Segurança e Saúde no Trabalho (CSST), a ação tem como objetivos alertar os servidores do Estado sobre a importância da saúde mental e informar sobre os principais sinais de risco ao suicídio como forma de prevenção.

Todos os anos, de acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), são registrados cerca de 13 mil suicídios no Brasil e mais de um milhão no mundo.

A psicóloga da CSST, Tatiana Brasil Pessôa, explica que, normalmente, o indivíduo que está com ideação suicida apresenta alguns sinais e que ao saber identificá-los, as pessoas ao redor podem ajudar a salvar a vida daquele que se encontra em sofrimento.

“Muitas pessoas se encontram deslocadas, não pertencentes aos grupos em que estão inseridas e nem a ‘este mundo’. Estão desesperançadas, perdem o interesse por atividades que antes realizavam com prazer.  Elas procuram ficar mais isoladas, sentem um vazio interior, tristeza significativa e sem causa aparente. Os pensamentos são negativos, de ruína. Apresentam baixa autoestima e sentimentos de inferioridade”, acrescentou.

Leia Também:  Mais de 2,2 mil vagas de emprego estão disponíveis nesta semana em Mato Grosso

A profissional destaca que ao detectar sinais de problemas de ordem mental, familiares, amigos e colegas de trabalho devem ter empatia para acolher o indivíduo sem julgamentos e com o propósito de ajudá-lo a buscar o acompanhamento especializado, tanto psicológico quanto psiquiátrico, tendo em vista a gravidade da demanda.

“A psicoterapia, por exemplo, vai auxiliar no processo de superação dos conflitos pessoais, de seus medos e na busca por recursos internos que contribuirão para uma vida mais feliz, mais leve. O sofrimento e a dor nunca devem ser minimizados, jamais desqualificar seus sentimentos ou emitir juízos de valor”, ressaltou a psicóloga.

Segundo Tatiana, a campanha da Seplag preza pelo diálogo para que o servidor possa ser mais empático, esteja disponível a ouvir e acolher aqueles que precisam de ajuda e apoio.

“Precisamos estar atentos. Olhar para o colega, para os familiares e perguntar se está tudo bem, como você pode ajudar. Mostrar-se presente e compreensivo. São pequenos gestos e ações que podem fazer a diferença”, pontuou ao ressaltar que o mês é alusivo à prevenção do suicídio e que os cuidados com o outro devem ser diários. 

Leia Também:  Financiamentos liberados para produtores do Pantanal superam R$ 75 milhões

Programação

Ao longo do mês, a Seplag realizará uma série de atividades com objetivo de informar os servidores sobre o assunto, entre elas uma live com a psicóloga e terapeuta de família, Mariela Diez Barreto, na próxima quarta-feira (15), às 10h.

Para assistir a live é só acessar o link https://meet.google.com/qzp-jwix-wai?authuser=0&hs=122

Outras informações pelo telefone (65) 3613-3727 / (65) 99222-4568 com a CSST/Seplag.

Com supervisão de texto de Nayara Takahara.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Quarta edição do Google Day apresenta recursos do Google Classroom

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Campo Verde sedia disputas estaduais de handebol dos Jogos Escolares Mato-grossenses

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA