ÁGUA BOA

DESCOBRINDO OS CPF

Bandidos mortos pelo Bope já assaltaram bancos no Nordeste

Três dos criminosos mortos já foram identificados

Publicado em

Policial

Pelo menos dois bandidos mortos pela Polícia Militar, que assaltaram agências bancárias no município de Nova Bandeirantes (997 KM de Cuiabá), possuem antecedentes criminais em Estados da região Nordeste.

Na última quinta-feira (10), quatro assaltantes foram mortos em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), após se esconderem durante seis dias numa região de mata.

Um dos bandidos mortos, identificado como Maciel Gomes de Oliveira, tinha 36 anos e seria de Pernambuco, integrante do bando liderado por “Márcio Gordo”, quadrilha que assalta bancos no Nordeste. Ele residia em Alta Floresta (800 KM de Cuiabá).

Outro assaltante, identificado como Romário de Oliveira Batista, o “Romarinho”, tinha 35 anos e era do Piauí. Contra ele, há registros de assaltos na Bahia e também em Pernambuco.

O terceiro assaltante, Luiz Miguel Melek, foi morto aos 40 anos e era do Paraná. Ele também morava em Alta Floresta. O quarto membro da quadrilha que perdeu a vida ao enfrentar a PM ainda não foi identificado.

Leia Também:  Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano

ASSALTO

Ao menos 12 bandidos assaltaram duas agências bancárias (do Sicred e do Sicoob) na cidade de Nova Bandeirantes. Os criminosos fugiram levando reféns, que foram abandonados na estrada, no último dia 4 de junho. Os bandidos teriam levado R$ 900 mil das instituições financeiras.

Forças de segurança de pelo menos três Estados montaram uma operação para localizar os bandidos. Policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) vem tentando localizar os criminosos, e contam com a ajuda de agentes de segurança pública de Rondônia e do Pará.

Ao todo, conforme a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), 120 policiais atuam na operação.

Folha Max

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Polícia Civil recupera dois veículos produtos de crimes na região de fronteira

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT                   

Dois veículos de proveniências ilícitas foram apreendidos e três jovens presos pela Polícia Civil, na sexta-feira (11.06),  na zona rural do município de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá). O Toyota Etios e o Jeep Renegade recuperados pertencem a duas empresas locadoras de veículos que funcionam na cidade de Belo Horizonte (MG). 

Os suspeitos de 21, 20 e 20 anos, foram autuados em flagrante pelo crime de receptação. Dois deles, que conduziam os veículos, também responderão por dirigir veículo sem possuir CNH ou permissão para dirigir. 

Durante diligências de combate a criminalidade na região de fronteira deflagradas pela Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Grupo Especial de Fronteira (Gefron), uma equipe de investigadores recebeu denúncia sobre a existência de veículos de origem ilícita adentrando na área rural do município e que seguiam para a Bolívia. 

De posse das informações, os policiais civis passaram a apurar os fatos e a percorrer a região pelas estradas conhecidas como “cabriteiras”. Após chegaram na porteira de uma propriedade rural, foram avistados os dois veículos com as mesmas características mencionadas na denúncia e que vinham na direção da viatura.

Leia Também:  Água Boa - Município registra a 63º morte por covid-19

Assim que se aproximaram, o Jeep Renegade com dois ocupantes acelerou bruscamente, momento em que foi dado ordem de parada. Ato contínuo foi realizada a abordagem dos veículos, sendo que ambos condutores não possuíam carteira nacional de habilitação (CNH). Durante as checagens foi constatado que o carro Toyota Etios era produto de furto qualificado e o Jeep Renegade produto de apropriação indébita.

Perguntados sobre os fatos, os homens que dirigiam contaram que haviam pego os veículos em Pontes e Lacerda, bem como receberiam a quantia de R4 1,5 mil para levarem até a Bolívia. Já o rapaz que estava como passageiro contou que estava na função de abrir as porteiras e para isso ganharia o valor de R$ 500. 

Diante do flagrante os três envolvidos foram conduzidos até a Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, junto com os veículos apreendidos, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito. Após a confecção dos autos, o trio foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Água Boa - Eventos programados para a Semana do Meio Ambiente

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA