ÁGUA BOA

Policial

Dois são presos prevetivamente por homicídio de técnico de segurança em Sorriso

Publicado em

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil cumpriu nesta terça-feira, 20 de julho, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) as prisões de dois homens investigados pelo homicídio de José Rinaldo Leonel da Silva, 36 anos. As prisões foram efetuadas pela Divisão de Homicídios da Delegacia de Sorriso.

A investigação da Delegacia de Sorriso apurou que homicídio de José Rinaldo ocorreu por motivação homofóbica.

A vítima foi morta por disparos de arma de fogo na noite do dia 11 de julho, depois que sofreu agressões físicas por parte dos investigados, quando estava em um clube da cidade.

Instante em que o investigado saca arma e atira contra a vítima

Um dos suspeitos teve um desentendimento com o namorado de José Leonel, que supostamente teria tentado tocá-lo, minutos antes, no banheiro do clube. Em seguida, o rapaz de 25 anos chamou alguns colegas e foi até a mesa da vítima para tirar satisfação, quando ocorreu uma discussão e na sequência, o suspeito sacou uma arma e atirou contra José Leonel, dentro do salão.

Leia Também:  Polícia Civil prende mãe e filho por tráfico de drogas em Várzea Grande

Um dos disparos atingiu a perna de um funcionário do clube, que foi socorrido a uma unidade de saúde e liberado posteriormente.

Oitivas de testemunhas e imagens de câmeras de segurança que foram reunidas durante a investigação do crime confirmaram a sequência de ações que terminaram com a morte de José Leonel.

Após o cumprimento dos mandados, os dois investigados foram encaminhados para realização de exame de corpo de delito e em seguida foram enviados à unidade prisional de Sorriso, onde permanecem à disposição do poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Homem que matou irmão há 20 anos em RO é preso pela Polícia Civil no interior de MT

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem foragido da Justiça de Rondônia há mais de 20 anos por homicídio do próprio irmão teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil de Mato Grosso, na quinta-feira (29.07), em ação dos policiais das Delegacias de Porto Alegre do Norte e Canabrava do Norte.

O suspeito de 53 anos estava utilizando documento falso e quando foi abordado pelos policiais se negou se tratar da pessoa com mandado de prisão em aberto.

As diligências iniciaram após a equipe da Delegacia de Canabrava do Norte receber informações de que um homem com mandado de prisão em aberto estava trabalhando em uma construção na cidade de Canabrava do Norte.

Com base nas informações, as equipes policiais foram até o endereço mencionado, onde conseguiram localizar o suspeito que apresentou documento em nome de outra pessoa. Diante das dúvidas em relação ao documento apresentado, o suspeito foi conduzido à delegacia para identificação criminal.

Durante os trabalhos, foi solicitado apoio da equipe da Delegacia de Polícia e da Politec de Sinop que realizou o laudo de identificação datiloscópica do suspeito, confirmando se tratar da pessoa que estava foragida.

Leia Também:  Mulher de Lázaro diz que policiais a torturaram por localização do marido

 Segundo o delegado, Gustavo Espíndola, a todo momento o suspeito negava ser a pessoa procurada pela Justiça. “Foi uma prisão complicada, uma vez que ele se negava do começo ao fim, que se tratava da pessoa do mandado. Somente ao final de todas as checagens, ele resolveu confessar que era ele mesmo, assinando a ordem de prisão”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA