ÁGUA BOA

Policial

Estado nomeia 30 novos delegados para a Polícia Civil de Mato Grosso

Publicado em

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

O Governo do Estado de Mato Grosso nomeou mais 30 novos delegados que reforçarão as atividades da Polícia Civil no interior do estado. A nomeação foi publicada na edição desta quinta-feira (09.09), no Diário Oficial do Estado.

A convocação ocorre em razão da necessidade de recomposição do quadro de delegados, que vem sofrendo redução crescente nos últimos seis anos.

A reposição no quadro de delegados está relacionada ao serviço essencial de segurança pública prestado pela Polícia Civil, que não pode sofrer interrupção, especialmente em relação a investigações criminais, acolhimento de vítimas e no combate à corrupção.

“Até o início de 2022 teremos novos delegados que poderão, de maneira importante, contribuir na prestação dos serviços de qualidade para a Polícia Civil à sociedade mato-grossense”, assegurou o governador Mauro Mendes.

Mesmo com a crise em decorrência da pandemia do novo coronavírus, restrições na circulação de pessoas e serviços, os atendimentos da Polícia Civil não sofreram interrupções, a exemplo dos registros de boletins de ocorrências, investigações, locais de crime, diligências, instauração e conclusão de inquéritos policiais, assistência a mulheres e crianças vítimas de violência doméstica, entre outras ações diárias.

Leia Também:  Jovem de 22 anos é assassinado em Aragarças com seis tiros no início da madrugada

Nos primeiros oito meses deste ano, a Polícia Civil registrou uma média diária de 54,83 flagrantes, 668 oitivas e 38 solicitações de medidas protetivas.

Entre os procedimentos registrados foram 1.816 autos de investigação e 11.931 Termos Circunstanciados de Ocorrência e instaurados 27.102 inquéritos policiais.

O delegado-geral da instituição, Mário Dermeval de Resende, informa que dentro dos próximos 30 dias, a Polícia Civil fará a posse dos novos delegados, que depois participarão da formação técnica. “A Academia focará bastante na parte prática, na investigação aliada às peculiaridades do estado. Os novos profissionais também terão conhecimento e treinamento das novas tecnologias, como o inquérito policial eletrônico e outras ferramentas que foram agregadas ao sistema para ampliar o escopo de investigação e de modernização da Polícia Civil. Desejo as boas vindas aos novos profissionais da Polícia Civil de Mato Grosso, que vão ocupar espaços em cidades que estão sem profissional titular, mas que a partir do próximo ano terão um delegado, além daquelas que receberão um reforço”, observou o gestor.

Leia Também:  Acolhimento de vítimas e atendimento humanizado são foco do trabalho no novo espaço da Delegacia de Lucas do Rio Verde

Os 30 delegados nomeados passarão por formação técnica na Academia da Polícia Civil e depois da conclusão do curso serão lotados em unidades conforme definição do Conselho Superior de Polícia.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Polícia Civil prende em flagrante dois suspeitos por homicídio de rapaz no Pedra 90

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Duas pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Civil na madrugada desta sexta-feira (17.09) por envolvimento no homicídio de  Felippe Fernandes Rodrigues da Silva, 21 anos, encontrado morto na região do Cinturão Verde, em Cuiabá. Os dois investigados foram autuados por homicídio qualificado e por constituir organização criminosa.

A equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) chegou aos suspeitos depois de realizar diversos levantamentos, oitivas e informações que possibilitaram a identificação dos dois envolvidos no crime.

Conforme o delegado que preside as investigações, Mário Roberto Santiago, os suspeitos foram presos no Pedra 90. Um deles foi localizado em um motel da região, e o outro foi preso no bairro.

Felipe Fernandes foi localizado nesta quinta-feira (16), na estrada do Cinturão Verde, na região do Pedra 90, com oito perfurações de disparo de arma de fogo.

No dia 12 de setembro, duas pessoas (uma delas a vítima do homicídio) foram conduzidas pela Polícia Militar à Central de Flagrantes de Cuiabá sob suspeita de ter cometido estupro contra uma adolescente. Ambos foram ouvidos pelo delegado plantonistas e autuados em flagrante, sendo encaminhados à audiência de custódia, onde foram colocados em liberdade com medida cautelar de uso de tornozeleira eletrônica.

Leia Também:  Polícia Civil prende em flagrante dois suspeitos por homicídio de rapaz no Pedra 90

No dia 14 de setembro, começaram a circular em grupos de aplicativos de mensagens de que integrantes de uma organização criminosa estavam atrás dos dois suspeitos do estupro para aplicar o chamado ‘salve’.

Felipe Fernandes foi à Central de Ocorrências da Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrências informando que estava sendo ameaçado de um salve por membros do grupo criminoso por conta do possível estupro que teria praticado e passou o nome de uma pessoa que estaria por trás das ameaças. No mesmo dia em que registrou o boletim, Felipe desapareceu e a família registrou uma ocorrência relatando o desaparecimento dele e informando que a vítima havia sido levada por criminosos de uma organização criminosa.

Na quinta, a equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas estava em diligências para esclarecer o desaparecimento de Felipe, quando foi localizado o corpo dele na região do Cinturão Verde.

A partir das informações dos boletins de ocorrências registrados, os policiais da DHPP chegaram à identificação de duas pessoas envolvidas no homicídio. O delegado Mário Santiago ouviu também a vítima do suposto estupro, além de familiares de Felipe.

Leia Também:  Idoso é preso em flagrante pela Polícia Civil por tentativa de estupro contra adolescente

Diligências da DHPP seguem para identificar se há envolvimento de outras pessoas no homicídio.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA