ÁGUA BOA

Policial

Golpista que vendia terrenos utilizando documentos falsos é preso pela Polícia Civil em Querência

Publicado em

Policial


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de aplicar golpes na venda de terrenos utilizando documentos falsos foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (09.09), no município de Querência (945 km a noroeste de Cuiabá). O suspeito, de 36 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de estelionato, uso de documento falso e porte ilegal de arma de fogo.

As investigações iniciaram após o aumento de ocorrência de estelionatos no município e região, assim como receber denúncias anônimas de que um casal estava aplicando golpes na cidade.

Diante das informações, os policiais da Delegacia de Querência iniciaram as diligências conseguindo identificar e monitorar o veículo do suspeito, até o momento em que visualizaram uma situação de negociação em via pública.

A equipe de investigadores realizou a abordagem do homem, sendo encontrado no interior do veículo, um revólver calibre 38 e diversas cópias de contratos com informações de imóveis.

Durante a conversa, foi verificado que a pessoa que estava com o suspeito era uma vítima, a qual já havia depositado parte do dinheiro na conta do estelionatário, acreditando que estava adquirindo um terreno.

Leia Também:  Polícia Civil recupera parte de valor subtraído de vítima em golpe do falso intermediador de venda

Em análise da situação, foi constatado que o documento de propriedade do terreno apresentado pelo suspeito era falso e o bem não lhe pertencia, evidenciando se tratar de golpe.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Querência e após ser interrogado foi autuado em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, estelionato e uso de documento falso.

As investigações continuam para identificar outras possíveis vítimas do estelionatário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Polícia Civil intercepta veículo com homens que planejavam cometer um roubo

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Três homens que se preparavam para cometer um assalto em Várzea Grande, foram presos pela Polícia Civil, no final da tarde de quinta-feira (23.09), após rápida ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

Uma arma de fogo e um veículo também foram apreendidos. Os suspeitos, de 25, 22 e 20 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e associação criminosa.

As investigações iniciaram após denúncia anônima sobre três indivíduos armados que estavam trafegando com um carro Fiat Uno, de cor branca e modelo antigo, planejando cometer um roubo nas imediações do bairro Nova Várzea Grande.

Visando impedir a prática criminosa os policiais civis passaram a diligenciar pela região, quando avistaram um automóvel com as mesmas características informadas e com três rapazes.

Ato contínuo foi feito o acompanhamento de Fiat Uno por certo tempo, bem como percebido que os ocupantes estavam dando voltas no quarteirão. Em seguida foi realizada a abordagem do veículo, e localizado em embaixo do banco do passageiro um revólver de calibre 32 com duas munições.

Leia Também:  Homem que atropelou ex-esposa e mais duas pessoas é preso preventivamente pela Polícia Civil

Diante do flagrante os três suspeitos foram levados até a Derf-VG, onde foram interrogados pela delegada Elaine Fernandes da Silva, e acabaram assumindo a intenção de praticar um roubo, porém se recusaram a contar o local que seria alvo.

Após os depoimentos, os três conduzidos foram presos em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e associação criminosa, sendo posteriormente apresentados e colocados à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA