ÁGUA BOA

Policial

Mensagens no facebook de casal assassinado em Barra do Garças podem ter sido postadas por assassinos

Publicado em

Policial

A Polícia Civil de Barra do Garças abriu inquérito para apurar o brutal assassinado de um casal cujos corpos foram encontrados em estado de decomposição na segunda-feira dia 15/2 num matagal no km 24 da Br 070.

As vítimas Marília Eduarda, de 19 anos, que morava no bairro Palmares em Barra do Garças e estava sumida desde o dia 9/2 e o namorado dela, Marcos Melo, de 20 anos, que era de Primavera do Leste e estava com tornozeleira rompida. Eles foram assassinados com disparos na cabeça provavelmente em outro lugar e os corpos foram deixados no matagal e foram encontrados na manhã de segunda-feira dia 15/2. 

A perícia acredita que o crime tenha ocorrido entre o dia 8 ou 9 de fevereiro.  E o que intriga a polícia é que no dia 8 de fevereiro no facebook do casal aparecem mensagens já anunciando o velório e com declarações de amor:

Gente infelizmente não adianta manda mais mensagem…
Quando ele tava vivo ninguém ligava então não vem paga de simpatia na hora do sofrimento ok…
Meu luto será eterno meu sofrimento será eterno assim como meu amor será eterno…
Descanse em paz meu amor…
Marcos Melo

Já outra mensagem aparece anunciando o local de velório: “Família pros amigos e familiares que querem comparecer o velório tá sendo na casa dos padrinhos dele aqui em Iporá GO… 
O enterro será amanhã às 10horas da manhã
Agradeço pelas mensagens de conforto de todos 
Descanse em paz meu amor 
Eduarda 

As mensagens no Facebook serão apuradas pela polícia mas podem ter sido postadas pelos assassinos após terem cometido o crime. A polícia investiga se o casal foi executado a mando de alguma facção criminosa. Esse caso será acompanhado pela 2ª DP de Barra do Garças coordenada pelo delegado Antônio Moura. 

Leia Também:  Estelionatários são presos por golpe de R$170 mil na OLX

ARAGUAIA NOTICIAS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Policial

Polícia Civil recupera dois veículos produtos de crimes na região de fronteira

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT                   

Dois veículos de proveniências ilícitas foram apreendidos e três jovens presos pela Polícia Civil, na sexta-feira (11.06),  na zona rural do município de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá). O Toyota Etios e o Jeep Renegade recuperados pertencem a duas empresas locadoras de veículos que funcionam na cidade de Belo Horizonte (MG). 

Os suspeitos de 21, 20 e 20 anos, foram autuados em flagrante pelo crime de receptação. Dois deles, que conduziam os veículos, também responderão por dirigir veículo sem possuir CNH ou permissão para dirigir. 

Durante diligências de combate a criminalidade na região de fronteira deflagradas pela Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Grupo Especial de Fronteira (Gefron), uma equipe de investigadores recebeu denúncia sobre a existência de veículos de origem ilícita adentrando na área rural do município e que seguiam para a Bolívia. 

De posse das informações, os policiais civis passaram a apurar os fatos e a percorrer a região pelas estradas conhecidas como “cabriteiras”. Após chegaram na porteira de uma propriedade rural, foram avistados os dois veículos com as mesmas características mencionadas na denúncia e que vinham na direção da viatura.

Leia Também:  Bope mata quatro envolvidos em assalto do ‘Novo Cangaço’ em Nova Bandeirantes

Assim que se aproximaram, o Jeep Renegade com dois ocupantes acelerou bruscamente, momento em que foi dado ordem de parada. Ato contínuo foi realizada a abordagem dos veículos, sendo que ambos condutores não possuíam carteira nacional de habilitação (CNH). Durante as checagens foi constatado que o carro Toyota Etios era produto de furto qualificado e o Jeep Renegade produto de apropriação indébita.

Perguntados sobre os fatos, os homens que dirigiam contaram que haviam pego os veículos em Pontes e Lacerda, bem como receberiam a quantia de R4 1,5 mil para levarem até a Bolívia. Já o rapaz que estava como passageiro contou que estava na função de abrir as porteiras e para isso ganharia o valor de R$ 500. 

Diante do flagrante os três envolvidos foram conduzidos até a Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, junto com os veículos apreendidos, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito. Após a confecção dos autos, o trio foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Investigado por estupro de criança de seis anos é preso pela Polícia Civil na zona rural de Poxoréu

COMENTE ABAIXO:



Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA