ÁGUA BOA

POLICIAL

PM recupera R$ 164,7 mil de roubo em Nova Bandeirantes quatro bandidos morreram; vídeo mostra viaturas a caminho do hospital

Publicado em

Policial

Em buscas aos criminosos, equipe do Bope foi recebida a tiros e revidou a agressão e atingiu quatro suspeitos.

A Polícia Militar recuperou R$ 164.731,25 do dinheiro roubado das cooperativas de crédito Sicredi e Sicoob, no dia 4 de junho, em Nova Bandeirantes, após os policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entrarem em confronto com suspeitos do crime, na tarde desta quinta-feira (10.06).

Os policiais do Bope foram chamados pela equipe da Força Tática, depois de virem que uma caminhonete branca empreendeu fuga assim que avistou a barreira policial, retornando com o veículo pela Estrada Procomp.

A equipe da barreira foi atrás dos suspeitos e avistou pessoas abandonando o carro e correndo em direção à mata. A Força Tática acionou o Bope, que deu apoio imediato, bem como as demais viaturas da operação.

A Força Tática retornou com a caminhonete abandonada para o ponto da barreira. Os policiais do Bope coletaram as informações e foram em busca dos suspeitos no meio da mata. Em um dado momento, a equipe do Bope foi surpreendida por disparos de arma de fogo e iniciou-se um confronto armado. Quatro suspeitos foram atingidos, foram levados ao Hospital Municipal de Nova Bandeirantes, mas não resistiram aos ferimentos.

Leia Também:  Policiais encontram mais de R$ 7.5 mil em dinheiro enterrados no quintal de suspeito em Nova Xavantina

Com os bandidos foram encontradas roupas militares, armas e parte do dinheiro do roubo. As buscas, iniciadas há 6 dias, vão continuar até chegar a todos os envolvidos no crime da modalidade de Novo Cangaço.

A operação também continua por tempo indeterminado, com barreiras e incursões nos locais onde houve relatos de indícios e informações de presença de criminosos.

O caso do roubo às cooperativas está sob investigação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Judiciária Civil.

Veja na sequencia imagens do  momento em que as viaturas levam os quatro assaltantes para o hospital em Nova Bandeirantes.

Vídeo Relacionado:

Olho no Araguaia – SESP MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Mulher que ateou fogo no marido em Tangará da Serra é presa pela Polícia Civil logo após o crime

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma mulher que ateou fogo no corpo do marido na manhã desta segunda-feira (14.06), no município de Tangará da Serra (239 km a médio norte de Cuiabá) foi presa em flagrante pela Polícia Civil, logo após cometer o crime. A mulher, 28 anos, foi localizada próximo a unidade de saúde em que a vítima foi socorrida e foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio qualificada por meio insidioso e uso de fogo.

O marido de 37 anos encontra-se internado em estado grave de saúde com cerca de 40% do corpo queimado. A prisão da suspeita ocorreu logo após a equipe da Polícia Civil de Tangará da Serra ser acionada para atender a ocorrência de um homem que havia entrada na Unidade Pronto Atendimento (UPA) com graves queimaduras pelo corpo.

A vítima apresentava queimaduras de 1º grau em 40% do corpo, bem como encontrava-se intubada e seu estado de saúde considerado grave. Durante o atendimento da ocorrência, os policiais civis identificaram a esposa da vítima como a autora da tentativa de homicídio. A suspeita foi localizada logo em seguida, nas proximidades da UPA, e ao ser abordada, confessou que ateou fogo no marido.

Leia Também:  Associação sugere fechar bares e restaurantes que tiverem aglomeração em Cuiabá

Questionada, ela alegou que na noite anterior, o marido havia a agredido, e na manhã desta segunda-feira (14) iniciaram uma nova discussão. A vítima então foi para o banheiro, ocasião em que a suspeita ficou o aguardando com uma bacia com álcool e fósforo, sendo a vítima surpreendida no momento em que saia do recinto. Mesmo após ter o corpo em chamas, a vítima foi dirigindo até UPA, onde foi socorrida.

Segundo o delegado, Adil Pinheiro de Paula, a suspeita alegou que ateou fogo no marido para se defender, porém a versão não convence, uma vez que ela ficou aguardando para atacar a vítima. “Ela aproveitou o momento em que a vítima saiu do banheiro para jogar o álcool e em seguida o fósforo aceso. Como na primeira tentativa o fósforo não pegou fogo, então ela acendeu um segundo palito, conseguindo incendiar o corpo da vítima”, explicou o delegado.

Diante das evidências, a mulher foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio qualificada por meio insidioso e uso de fogo.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Água Boa - Residencial Jardim de Napoli o mais novo conceito em moradia; vídeo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA