ÁGUA BOA

Policial

Polícia Civil encerra semestre em Rondonópolis com incineração de mais de 1,5 tonelada de entorpecentes

Publicado em

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil em Rondonópolis incinerou nesta quarta-feira (30) mais 400 quilos de entorpecentes. A droga foi apreendida no último domingo com um casal que recebeu R$ 8 mil para transportar o carregamento de Ponta Porã (MS) até Rondonópolis.

Com acompanhamento da Vigilância Sanitária e representantes do Ministério Público, Poder Judiciário, a droga foi incinerada em fornos de uma empresa no Distrito Industrial da cidade.

O entorpecente é liberado para incineração após realização de perícia oficial e autorização judicial.

Esta é a terceira incineração realizada em junho pela Derf de Rondonópolis. Nas semanas anteriores, a delegacia especializada incinerou uma tonelada de drogas, entre maconha e cocaína, que foram apreendidas entre dezembro passado e início de junho. Na semana passada, foram mais 252 quilos de entorpecentes incinerados, totalizando com o montante desta quarta-feira mais de 1,5 toneladas apreendidas. 

Apreensão de 398 tabletes

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis recebeu informações de que uma mulher teria ido a Mato Grosso do Sul e traria para a cidade um grande carregamento de entorpecentes.

Leia Também:  Gefron prende três pessoas com 47 kg de drogas no Rio Paraguai

A partir da informação obtida, a equipe da DERF iniciou a investigação e com a colaboração de unidades policiais do município e da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul foi possível identificar o veículo utilizado pela suspeita, que foi monitorado com apoio da Polícia Rodoviária Federal.

DERFD%20ROO%2027062021.jpeg

No domingo, policiais da DERF, com apoio da PRF e da equipe da 1ª Delegacia de Rondonópolis, iniciaram o acompanhamento do veículo na BR-163 e durante a noite foi feita a abordagem. O veículo modelo Gol era conduzido pelo suspeito de 31 aos e a mulher estava como passageira. Com ele foram encontradas uma CNH em nome de outra pessoa e o contrato de locação do veículo.

Conduzidos à DERF, o homem disse que receberia R$ 5 mil para fazer o transporte do entorpecente e a mulher, de 23 anos, ganharia R$ 3 mil. Em checagem ao documento do veículo, os policiais constataram que a placa utilizada era falsa.  

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Suspeito de homicídio quando menor de idade tem mandado cumprido em Sinop

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um mandado de busca e apreensão de menor envolvido em ato infracional de homicídio foi cumprido pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (30.07), pela equipe da Divisão de Ato Infracional da Delegacia de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito de 19 anos responde a procedimento junto à Vara Especializada da Infância e Juventude por ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado enquanto ainda era menor de idade.

Após ser localizado pelos policiais da Divisão de Ato Infracional, o jovem foi conduzido à delegacia de polícia de Sinop, onde aguarda a disponibilização de vaga para ser internado em algum dos Centros de Atendimento Socioeducativo de Mato Grosso.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mais dez foragidos da Justiça por crimes sexuais são localizados e presos pela Polícia Civil
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA