ÁGUA BOA

Policial

Polícia Civil recupera veículo roubado na região do Goiabeiras e prende suspeito de recpetação

Publicado em

Policial


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um veículo Jeep Renegade roubado na região do Goiabeiras em Cuiabá foi recuperado pela Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira (02.06), durante diligências realizadas pelos policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). Um homem de 45 anos foi autuado em flagrante pelo crime de receptação.

O veículo foi roubado no dia 24 de maio em uma rua paralela à Avenida Miguel Sutil, quando um homem armado anunciou o roubo e mandou as vítimas saírem do veículo. Entre as vítimas estavam uma senhora de 68 anos e uma criança de três anos de idade.

A ação que resultou na recuperação do veículo iniciou após a equipe de investigadores da GCCO receber informações sobre um veículo que estava estacionado no pátio de um posto de combustível, no bairro Bom Clima em Cuiabá e que seria produto de roubo.

No local, os policiais realizaram a abordagem do suspeito que estava em posse do veículo que apresentou um documento de CRLV e recibo com dados falsos, sendo as cédulas produto de furto ocorrido na cidade de Nortelândia. Questionado sobre a procedência do veículo, o suspeito disse que pagou o valor de R$ 50 mil pelo automóvel.

Leia Também:  Empresária denuncia funcionário por vender produtos dando desconto demais e não dar baixa no sistema em MT

Ele foi conduzido à GCCO, onde foi interrogado pelo delegado Wilson Cibulskis Junior, e confessou que na verdade pagou R$ 20 mil pelo veículo, conforme comprovante de pix apresentado. Diante dos fatos, após todos os procedimentos cabíveis o suspeito foi autuado em flagrante por receptação.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Mulher que ateou fogo no marido em Tangará da Serra é presa pela Polícia Civil logo após o crime

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma mulher que ateou fogo no corpo do marido na manhã desta segunda-feira (14.06), no município de Tangará da Serra (239 km a médio norte de Cuiabá) foi presa em flagrante pela Polícia Civil, logo após cometer o crime. A mulher, 28 anos, foi localizada próximo a unidade de saúde em que a vítima foi socorrida e foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio qualificada por meio insidioso e uso de fogo.

O marido de 37 anos encontra-se internado em estado grave de saúde com cerca de 40% do corpo queimado. A prisão da suspeita ocorreu logo após a equipe da Polícia Civil de Tangará da Serra ser acionada para atender a ocorrência de um homem que havia entrada na Unidade Pronto Atendimento (UPA) com graves queimaduras pelo corpo.

A vítima apresentava queimaduras de 1º grau em 40% do corpo, bem como encontrava-se intubada e seu estado de saúde considerado grave. Durante o atendimento da ocorrência, os policiais civis identificaram a esposa da vítima como a autora da tentativa de homicídio. A suspeita foi localizada logo em seguida, nas proximidades da UPA, e ao ser abordada, confessou que ateou fogo no marido.

Leia Também:  Dois traficantes são presos com quase 1 tonelada de maconha em trabalho da PM de MG e GO

Questionada, ela alegou que na noite anterior, o marido havia a agredido, e na manhã desta segunda-feira (14) iniciaram uma nova discussão. A vítima então foi para o banheiro, ocasião em que a suspeita ficou o aguardando com uma bacia com álcool e fósforo, sendo a vítima surpreendida no momento em que saia do recinto. Mesmo após ter o corpo em chamas, a vítima foi dirigindo até UPA, onde foi socorrida.

Segundo o delegado, Adil Pinheiro de Paula, a suspeita alegou que ateou fogo no marido para se defender, porém a versão não convence, uma vez que ela ficou aguardando para atacar a vítima. “Ela aproveitou o momento em que a vítima saiu do banheiro para jogar o álcool e em seguida o fósforo aceso. Como na primeira tentativa o fósforo não pegou fogo, então ela acendeu um segundo palito, conseguindo incendiar o corpo da vítima”, explicou o delegado.

Diante das evidências, a mulher foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio qualificada por meio insidioso e uso de fogo.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Empresária denuncia funcionário por vender produtos dando desconto demais e não dar baixa no sistema em MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA