ÁGUA BOA

PRISÃO

Polícia Militar prende traficantes que sequestraram e torturaram mulheres em Confresa

Publicado em

Policial

Apreendidos pela Polícia Militar Foto: Olhar Alerta

Foram apreendidos R$ 895,00 em dinheiro, 18 trouxas pequenas de maconha e duas medianas do mesmo entorpecente, 2 celulares e 1 veículo

Quatro homens suspeitos de tráfico de drogas, sequestro e cárcere privado, tortura mediante sequestro e quadrilha ou bando foram presos pela Polícia Militar na noite de segunda-feira (29), em Confresa, região Norte Araguaia.

De acordo com informações repassadas ao site Olhar Alerta, a guarnição recebeu a informação que duas jovens mulheres tinham sido sequestradas por um grupo de rapazes pertencentes a uma organização criminosa na noite de domingo (28) e que elas poderiam ter sido mortas.

De imediato, os policiais se deslocaram até a casa de uma das jovens, onde elas haviam acabado de chegar. As vítimas de 18 e 15 anos choravam e contaram que foram sequestradas por três homens em um bar da Vila 2000. Elas foram agredidas com socos, tapas e pedaços de madeira, visto que os suspeitos acreditavam que elas teriam passado informações sobre eles para a polícia.

Em posse das informações dos criminosos, os agentes saíram em diligências e conseguiram localizar o primeiro deles em uma avenida de Confresa. Com ele, foram encontrados 18 envólucros de subtsância análoga à maconha prontos para a comercialização e a quantia de R$ 632,00 em notas trocadas. Além dele, outros dois suspeitos de participar do sequestro das jovens foram conduzidos pela Polícia Militar.

Leia Também:  Homem é preso suspeito de estuprar filha de vizinho de 8 anos em MT

Uma Fiorino que foi utilizada para o sequestro também foi apreendida, e o proprietário dela, o pai de um dos suspeitos, foi conduzido. Ao todo, os policiais apreenderam com o suspeitos R$ 895,00 em dinheiro, 18 trouxas pequenas de maconha e duas medianas do mesmo entorpecente, 2 celulares e 1 veículo.

O caso seguiu para investigação da Polícia Judiciária Civil.

Olho no Araguaia – Redação Olhar Alerta com Thaísa Santana

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Homem é preso suspeito de estuprar filha de vizinho de 8 anos em MT

Polícia Civil divulgou dois casos de estupro de vulnerável. Na outra ocasião a vítima, de 10 anos, era sobrinha-neta do suspeito.

Publicados

em

A Polícia Civil divulgou dois casos de estupro de vulnerável, nesta semana no interior de Mato Grosso. Nas duas ocasiões, os suspeitos foram presos e estão sendo investigados pela polícia. As vítimas são meninas de 8 e 10 anos de idade.

Em Alto Araguaia (MT), um homem foi presos suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 8 anos, filha de uma família vizinha de sua residência. Ele teve o mandado de prisão preventiva cumprido nessa quarta-feira (10).

O investigado, de 60 anos, é suspeito dos crimes de estupro de vulnerável e armazenagem de fotos pornográficas de menor cometidos em Alto Araguaia.

Segundo a polícia, em janeiro deste ano o Conselho Tutelar recebeu a primeira denúncia anônima informando que uma menina de aproximadamente seis anos de idade estaria sozinha no bar do suspeito. O local também era a residência do investigado e onde ele abusava da menor.

Após diligências, foi confirmada a denúncia, sendo a família da criança advertida sobre os fatos.

No entanto, em julho foi recebida outra denúncia reportando que a criança continuava frequentando o estabelecimento, sendo ainda vítima de abusos por parte do proprietário. Foi encaminhado foto dela despida, com a informação de que a imagem estava armazenada no celular do suspeito.

Leia Também:  Policia Intercepta quadrilha que pretendia invadir fazenda em Querência

Após apurar os fatos e obter mais indícios, a polícia cumpriu a prisão preventiva do suspeito e o mandado de busca e apreensão no local, com o objetivo apreender o celular dele.

As ordens judiciais foram deferidas pela Justiça e, durante o cumprimento do mandado, verificou-se que o suspeito abandonou o bar, e fugiu do município. Igualmente, a família da criança teria saído da cidade.

Segundo a Polícia Civil, a suspeita é que o investigado teria dado dinheiro para que a família da criança fugisse, para que não fossem investigados e acabassem confirmando as denúncias.

O Núcleo de Inteligência da Polícia Civil em Alto Araguaia detectou que o suspeito, provavelmente, estaria escondido na zona rural do município de Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá.

O homem foi encontrado e preso na área rural da cidade.

Suspeito de abusar da sobrinha

Um homem, de 56 anos, é investigado pela Delegacia de Guarantã do Norte (MT), por abusar sexualmente da sobrinha-neta dele, de 10 anos. O suspeito teve a prisão preventiva decretada em audiência de custódia.

Leia Também:  Coordenador geral do Programa Mais Mato Grosso Muxirum visita Nova Nazaré

Segundo a polícia, o crime ocorreu no domingo (7), pela manhã, quando o homem entrou no quarto em que a criança estava dormindo e cometeu o abuso sexual. Ele também se despiu e se masturbou em frente à criança. O homem foi surpreendido pela bisavó da menina e mãe dele, porém, disfarçou e saiu do ambiente.

Na noite do mesmo dia, após perceber o comportamento estranho da filha, a mãe conversou com a vítima, descobriu o que havia acontecido e comunicou as autoridades. Diante disso, o suspeito foi preso em flagrante

Na terça-feira (9), ele foi apresentado em audiência de custódia. O delegado Lucas Lelis representou pela prisão preventiva do investigado.

Olho no Araguaia/G1 MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA