ÁGUA BOA

Policial

Servidores das forças de segurança participam de palestra sobre conhecimento e prevenção ao suicídio

Publicado em

Policial


Assessoria/Polícia Civil-MT

Servidores de forças de segurança do Estado participaram nesta quinta-feira (23) de uma palestra promovida pela Polícia Civil com o tema ‘Conhecer para Prevenir’, como parte da campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio.

A palestra, com a psicóloga clínica Juliane Corral, foi organizada pela equipe da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Polícia Civil.

O foco principal da palestrante foi a prevenção, o autocuidado, o olhar para si mesmo, o enfrentamento às adversidades do dia a dia para que assim consigamos ter prazer em viver.

O evento foi realizado de forma presencial e também transmitido pelo Instagram da Polícia Civil. Além dos servidores da Polícia Civil, participaram da palestra, militares da PM e do Corpo de Bombeiros.

O suicídio é a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. É um grave problema de saúde pública e a busca por ajuda especializada é importante para saber como agir e acionar uma rede de apoio existente. 

Setembro Amarelo 

É uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria, com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão de militares investigados por homicídio de empresário

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Polícia Civil prende na Capital homem investigado por homicídio ocorrido em novembro passado

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

Policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriram na tarde desta sexta-feira (22.10) a prisão de um homem investigado por um homicídio ocorrido em novembro passado, na Capital.

Adilson Alves da Silva, 33 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo dentro de sua casa, no bairro Paraisópolis, ao lado do Três Poderes, no dia 07 de novembro do ano passado. Ele foi socorrido a uma unidade de saúde e faleceu dois dias depois, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória.

Dois suspeitos invadiram a residência da vítima, arrombaram a porta e um deles, o preso nesta sexta-feira, fez os disparos de arma de fogo contra Adilson, que dormia ao lado de sua esposa.

A investigação da DHPP encontrou elementos robustos que chegaram ao autor do crime, de 22 anos, que teve o mandado de prisão temporária representado pelo delegado Olímpio da Cunha Fernandes à 12a Vara Criminal, que decretou a prisão temporária.

Em seu interrogatório, entretanto, ele negou ter cometido o crime, embora houvesse contradições em sua narrativa. “Agora, ele aguardará preso até a conclusão das investigações e, sendo convertida a cautelar em preventiva, o desenrolar do processo”, explicou o delegado.

Leia Também:  Homem é executado dentro de ônibus no baixo Araguaia

Após o crime, a investigação apurou tudo que ocorrera na data dos fatos e constatou que esse suspeito foragiu do bairro onde ocorreu o homicídio. Em seu interrogatório, entretanto, ele negou ter cometido o crime, embora houvesse contradições em sua narrativa.

O investigado tem passagem por roubo e na ocasião de sua prisão, em 2019, agrediu verbalmente e fez afrontas à equipe policial na Central de Flagrantes da Capital.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA