ÁGUA BOA

Policial

Unidades de Barra do Garças são reformadas e Polícia Civil cria central para TCOs

Publicado em

Policial


Assessoria | Polícia Civil-MT

Após sete meses de construções e reformas, a Polícia Civil de Mato Grosso inaugurou nesta sexta-feira (10.09), em Barra do Garças, a Central de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e entregou a revitalização da 1ª Delegacia de Polícia e da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município.

A solenidade foi realizada no anfiteatro da Prefeitura Municipal e na sequência, as autoridades seguiram para o complexo da Polícia Civil para uma visita técnica.

O recurso para as obras foi concedido após elaboração de um projeto, idealizado por três policiais civis, aprovado pela Delegacia Regional e posteriormente apresentado ao juiz Fernando da Fonseca Melo, titular do Juizado Especial Criminal de Barra do Garças e à promotora Nathália Manzano Magnani, da 1ª Promotoria de Justiça.

As autoridades chancelaram a ideia e destinaram recursos de multas pecuniárias para viabilizar a execução da obra, inicialmente orçada em R$ 347 mil, incluindo a mobília. As três delegacias estão instaladas em pontos próximos. A Central de TCO e a 1ª Delegacia de Polícia estão no mesmo endereço, na Rua Goiás.  A ideia é facilitar para o público em geral, bem como estrategicamente dar agilidade aos trabalhos policiais.

Novas estruturas

O prédio onde a Central de TCO foi adaptada estava desativado desde  2012, sendo inteiramente revitalizado e ampliado. No local foram criadas sete salas para cartório, um gabinete, copa, banheiros para os servidores, sala de reunião e uma recepção com banheiros ao público.

A Central de TCO foi estruturada para centralizar a apuração de todos os delitos de menor potencial ofensivo ocorridos em Barra do Garças e Pontal do Araguaia, deixando assim as delegacias apenas com investigações de crimes mais graves.

Leia Também:  Polícia Civil apreende tablete de cloridrato de cocaína em Cáceres

O prédio da 1ª Delegacia de Polícia, ao lado da Central de Flagrantes, também passou por reforma. Os prédios ainda receberam mobiliários novos e ares-condicionados.

Já a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher passou por revitalização, o que tornou a unidade mais agradável, acolhedora e com ambientes totalmente funcionais. O local está com modernas instalações, recepção, banheiros para o público, gabinetes, cartórios, sala de reunião, cozinha e banheiros exclusivos para funcionários.

Conforme o delegado regional, Wilyney Santana Borges, a Polícia Civil em Barra do Garças sempre apresentou bons resultados nas investigações criminais, reflexo do comprometimento de seus servidores.

O delegado explicou que, contudo, as instalações físicas das delegacias eram antigas, construídas ainda na década de 80 e por isso necessitam constantemente de reparos nas partes hidráulicas, elétricas, lógica e estrutural.

“Por meio de parcerias, todas as unidades policiais receberam fachadas modernas, melhorando a imagem institucional. O complexo da Polícia Civil fica localizado no centro, e do ponto de vista urbanístico é um ganho muito grande para a cidade, pois melhora a apresentação visual”, disse o delegado.

Presente na inauguração, o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, parabenizou os policiais civis de Barra do Garças pelo trabalho que, em parceria, resultou na conclusão das obras e a partir de agora terão unidades policiais de acordo com a padronização da instituição.

“Com a reforma, a Delegacia Regional conseguiu proporcionar mais dignidade e conforto para os servidores da Polícia Civil e também às pessoas que procuram a delegacia em busca de socorro para a solução dos seus conflitos sociais”, finalizou Dermeval.

Leia Também:  Denúncia faz PM prender quadrilha que planejava roubar carga em MT

Durante a cerimônia, o prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves de Macedo, falou da importância das ações integradas entre o poder executivo municipal com os órgãos públicos estaduais, visando a qualidade e melhorias na prestação de serviço para a comunidade.

“Quando falamos de desenvolvimento econômico, não podemos desprezar o quesito segurança pública, pois o empresário não investe em uma região que não tem segurança pública forte e atuante. Pois isso a Prefeitura de Barra do Garças, sempre foi e continuará sendo parceira da segurança pública, como no caso, agora da Polícia Civil, na construção do prédio da Central de TCO e a revitalização da 1ª Delegacia de Polícia e da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher”, finalizou o prefeito.

Estiveram também presentes na inauguração: o diretor de Interior, delegado Walfrido do Nascimento, chefe de gabinete, delegada Ana Paula de Faria Campos; deputados federais, Emanuel Pinheiro Neto e José Antonio Medeiros; deputados estaduais Claudiney de Souza Lopes e João Batista; presidente da Câmara Municipal, Pedro Ferreira da Silva Filho; juiz e diretor do Fórum de Barra do Garças, Michel Lotfi Rocha da Silva; promotora de Justiça, Nathalia Magnani; defensor público Edemar Barbosa Belém; presidente da OAB Subseção de Barra do Garças, André Luiz Soares Bernardes, prefeito de Pontal do Araguaia, Adelcino Francisco e o prefeito de Aragarças, Ricardo Galvão.

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

Policiais civis e militares deflagram operação contra ações criminosa em Cáceres

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar deflagraram na manhã deste sábado (25.09), no município de Cáceres (225 km a oeste de Cáceres), a operação “Pacto pela Vida”, visando intensificar o combate à criminalidade na região de fronteira.

A ação integrada foi realizada das 5 às 11 horas da manhã, e teve como objetivo principal a repressão aos pontos de venda de drogas, coleta de provas para esclarecimentos de ocorrências de homicídio, bem como a desarticulação de organização criminosa instalada na cidade.

Foram cumpridos mandados de busca que resultaram na prisão de 5 pessoas em flagrante, sendo três autuadas por tráfico de drogas, duas por tráfico e associação para o tráfico, e outra presa por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Duas pessoas também foram detidas por crime de menor potencial ofensivo, e responderão Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) de uso de entorpecentes.

Ao todo foram apreendidas 18 porções nos tamanhos pequenas e médias de substâncias ilícitas, 38 aparelhos celulares, 12 munições de diferentes calibres, 2 armas de fogo, 1 veículo, 4 televisores, 2 máquinas de cartão de crédito e débito, entre outros materiais como balança de precisão e relógios de marca sem comprovação fiscal. 

Leia Também:  Polícia Civil identifica estelionatário que passou cheque furtado em comércio

Também foram retirados de circulação a quantia monetária de mais de R$ 26 mil em dinheiro, além de notas bolivianas e dólares, os quais foram obtidos através de práticas ilícitas, bem como estavam sob a guarda de integrantes da organização criminosa.

Conforme o delegado de polícia Wilson Souza Santos, a primeira etapa compreendeu a produção de conhecimento acerca da forma de atuação da associação criminosa em Cáceres, e da localização dos pontos de vendas de drogas nos bairros, bem como na identificação de autores e das pessoas que os apoiam na execução de homicídio recentemente ocorridos na região.  

“Em seguida foi representado junto ao Poder Judiciário pela expedição dos mandados de busca e apreensão domiciliares, razão pela qual deflagrou-se a ação integrada voltada à efetivação das medidas deferidas pela Justiça”, destacou o delegado.

Participaram da operação “Pacto pela Vida”, policiais civis de Cáceres lotados na Delegacia Regional, 1ª Delegacia de Polícia, Delegacia de Defesa da Mulher, Delegacia Especializada do Adolescente, Delegacia Especial de Fronteira, e policiais militares do 6º Comando Regional, 6º Batalhão PM, Força Tática, Grupo Especial de Fronteira, equipes do CANILFRON e do CIOPAER.

Leia Também:  Operação desarticula esquema de empresas envolvidas no comércio de peças furtadas de caminhões em MT

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA