ÁGUA BOA

Política

Botelho recebe Comenda Couto Magalhães

Publicado em

Política


Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Autor de inúmeras ações em benefício da população várzea-grandense, o deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), foi homenageado com a ‘Comenda do Mérito Legislativo Municipal Couto Magalhães’, em reconhecimento ao trabalho prestado ao município.  

Numa realização da Câmara Municipal de Várzea Grande, o evento aconteceu no restaurante Mirante das Águas, na noite de quinta-feira (24), e contou com as presenças de personalidades que contribuem com o desenvolvimento da cidade. O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) também foi agraciado com a medalha.  

Em seu discurso de agradecimento, Botelho relatou parte da história em que surgiram os títulos de honrarias e destacou a importância do trabalho prestado em defesa da população. A exemplo da parceria para instalar os postos de vacinação contra a Covid-19 e ampliação do Hospital Metropolitano; instalação da Rede Cegonha; investimentos em Infraestrutura, dentre outros.

“Todos os homenageados prestaram algum trabalho à comunidade, com prestação de relevantes serviços para os bairros, ajudando o município a ser grande, desenvolvido. Me sinto honrado por fazer parte. É uma satisfação estar no meio do nosso povo várzea-grandense!”, afirmou.    

Leia Também:  Audiência pública discute investimentos em comunidade rural de Leverger

O presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, vereador Fábio Tardin, fez o reconhecimento público aos homenageados pelo trabalho prestado que engrandece o município. Relatou que desde 2019 realiza o evento, em comemoração à emancipação político-administrativa da cidade ocorrida em 1948. A honraria foi instituída em 1987. “Devemos sempre homenagear as pessoas que contribuíram e ainda contribuem para o desenvolvimento do nosso município. Manifesto gratidão por fazerem tanto pelo nosso povo!”, destacou Tardin.

Também foram homenageados ex-prefeitos, ex-presidentes do Poder Legislativo, empresários, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat; deputado federal Emanuelzinho; o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), David Pintor; secretário de Estado da Casa Civil, Mauro de Carvalho Júnior, entre outros.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Lúdio Cabral requer explicações do governador sobre dinheiro público gasto em festa no Salto das Nuvens, em Tangará da Serra

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) requereu ao governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), e ao secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, informações e documentos sobre o apoio do governo estadual e o dinheiro público gasto na festa realizada na cachoeira Salto das Nuvens, em Tangará da Serra, na sexta-feira passada (15), no chamado “1º Encontro de Líderes e Empreendedores do Brasil”.

“Não haveria problema em realizar um seminário ou mesa-redonda para apresentar e debater o potencial de Mato Grosso para desenvolvimento econômico. Mas a informação que temos, de pessoas que estiveram no evento, é que o palestrante falou apenas 20 minutos, e o restante do tempo foi apenas festa. Uma festa milionária, um banquete regado a uísque, com show de cantores nacionais. A festa tem a marca do governo de Mato Grosso entre os apoiadores. O governo colocou dinheiro público nesse evento? Quanto de dinheiro público foi gasto com essa festa? São perguntas que fizemos no requerimento”, disse Lúdio.

Leia Também:  Pessoas obesas terão poltronas especiais no transporte público, cinemas e teatros

No requerimento aprovado na sessão de quarta-feira (20), Lúdio Cabral busca ter acesso às planilhas detalhadas dos gastos feitos pelo governo estadual, além das cópias dos processos de contratos, convênios, ou termos assinados pelo governo, e detalhamento das ações do governo e do dinheiro público gasto para realizar o evento na cachoeira Salto das Nuvens.

“Mato Grosso tem 3,5 milhões de habitantes, dos quais 2 milhões estão inscritos no Cadastro Único da Assistência Social, em situação de insegurança alimentar, e 500 mil pessoas abaixo da linha de pobreza, passando fome. Não tem lógica o governo estadual gastar dinheiro com uma festa como essa. É um desrespeito com a população de Mato Grosso, que ainda sofre com a pandemia de covid-19. O estado com a pior gestão do país na pandemia, a maior taxa de mortalidade, quase 14 mil famílias em luto por conta da covid-19, e o governador fazendo uma festa milionária como essa?”, destacou Lúdio.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA