ÁGUA BOA

Política

Lei e projetos em tramitação buscam defesa do meio ambiente

Publicado em

Política


Thiago na plenária da AL

Foto: Marcos Lopes

O deputado estadual Thiago Silva tem dedicado seu mandato para trabalhar em prol de ações que fomentam a arborização de áreas públicas e a preservação do meio ambiente. É de sua autoria a Lei 11.376/2021 que cria o Programa Raízes de Mato Grosso. O objetivo do programa é preservar e ampliar o número de árvores em áreas públicas do estado. De acordo com a lei, o programa visa à preservação das áreas arborizadas públicas, com o objetivo de implantar e preservar a arborização, visando assegurar condições ambientais e paisagísticas.

“Essa nova lei será de grande valia para que possamos aumentar o número de árvores em áreas públicas de Mato Grosso. Precisamos incentivar a plantação de árvores, pois é importante que tenhamos áreas sombreadas e preservadas, que tragam qualidade de vida para o cidadão”, disse o deputado.

O deputado também é autor do Projeto de Lei 1115/2019, aprovado em segunda votação na Assembleia, que dispõe sobre a implantação de Escolas Sustentáveis e do Projeto de Lei 1154/2019 que trata da coleta, reutilização e reciclagem de lixo tecnológico em MT. Neste sábado, 05/06, a equipe do deputado Thiago também participou de ação desenvolvida pela ONG Protetores do Córrego Escondidinho com a limpeza de nascentes e plantio de mudas de árvores. A ação contou com apoio dos estudantes da Unic, Prefeitura, população, URAMB e Ong’s.

Leia Também:  CPI convoca ex-governador e empresários da mineração

Cursos sustentáveis – No último dia 2, durante as aulas de panificação do curso técnico do Senai, ofertado por meio de emenda do deputado Thiago Silva, os alunos realizaram experiências culinárias utilizando alimentos reaproveitáveis, em alusão a semana do meio ambiente. No curso foi ensinado o reaproveitamento de sobras para o uso em farinha de rosca, torradas e etc.
 “Mato Grosso possui três biomas e precisamos pensar a preservação e a conservação da nossa rica flora e fauna. Temos Amazônia, Cerrado e Pantanal e é o nosso dever pensar atitudes sustentáveis visando cuidar do patrimônio ambiente que temos em nosso estado”, disse Thiago Silva.
Nos próximos dias 11 e 18, o deputado Thiago promove o projeto social Flor do Cerrado com oficinas de reaproveitamento de alimentos, em parceria com a Cáritas Diocesana de Rondonópolis.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Comissão de Indústria, Comércio e Turismo discute realização da Copa América em reunião extraordinária

Publicados

em


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Comissão de Indústria, Comércio e Turismo realizou reunião extraordinária na tarde desta segunda-feira (14), com objetivo de discutir desafios do setor de turismo e a realização da Copa América. O encontro reuniu associações de bares, restaurantes, hotéis e eventos assim como representantes do Poder Executivo do estado e de Cuiabá. 

Os presentes veem como positiva a realização de jogos da Copa América na capital. Segundo o presidente da Associação de Indústria de Hotéis de Mato Grosso, Gerson Honório da Silva, o torneio injetou no Estado mais de mil diárias. Porém, ele defendeu que outras ações precisam ser tomadas para auxiliar os setores mais afetados pela pandemia, como a isenção de taxas. “Temos de ter esse hábito de nos organizarmos e reunirmos para pensar em ações direcionadas ao turismo”, pontuou. 

O presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do estado, Luís Carlos Nigro, também destacou que a Copa América tem se mostrado positiva para o turismo, mas que é preciso planejar agora o orçamento para o ano que vem. “Temos de nos preparar para a retomada do turismo em 2022”, argumentou Nigro.

Leia Também:  Justiça determina nova eleição para membros da Comissão Geral do Legislativo de Água Boa

Na avaliação do secretário de Cultura, Esporte e Lazer do estado, Alberto Machado, é preciso fazer um planejamento de longo prazo para o setor de eventos, para atender o estado a partir de 2022. “Nos seis meses deste ano acredito que ainda trabalharemos com eventos inesperados, como a Copa América, que lutamos muito para conseguir, respeitando o regramento sanitário e a vida das pessoas”, disse Machado. 

Em resposta à presidente do Sindicato das Empresas de Eventos e Afins (Sindieventos-MT), Alcimar Moretti, o secretário-adjunto de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec/MT), Jefferson Preza Moreno, disse que o Estado está trabalhando para oferecer crédito ao setor de eventos, mas enfrenta processos burocráticos. “O edital estará na praça até agosto, quando será possível apresentar contratos como o governo como garantia para recebimento do crédito”, garantiu o secretário-adjunto. 

De acordo com o presidente do Desenvolve-MT, Jair Marques, não faltam recursos para o oferecimento das linhas de crédito. “Recebemos cerca de R$ 25 milhões para fomentar os segmentos do turismo”, garantiu.

Leia Também:  Fávaro afirma que Bolsonaro “afronta” Poderes ao pressionar por impeachment de ministros do STF

O presidente da comissão, deputado estadual Allan Kardec (PDT) vê a realização da Copa América como um alento para o setor de turismo, mas que é preciso discutir a retomada do turismo pós-pandemia. “As emendas parlamentares certamente serão um reforço importante para o setor, que está sendo devastado pela pandemia”, acredita o parlamentar. Os deputados Wilson Santos (PSDB) e Carlos Avallone (PSDB) também participaram da reunião. 

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA