ÁGUA BOA

Saúde

Brasil registra 37,9 mil novos casos de covid-19 e mais 1,4 mil mortes

Publicado em

Saúde


O Brasil registrou 37.936 novos casos de covid-19 e mais 1.454 mortes resultantes da doença em 24 horas. Os dados constam da atualização diária divulgada, que foi divulgada na noite de ontem (4) pelo Ministério da Saúde.

Boletim situação epidemiológica da covid 19 no Brasil 05.06.2021 Boletim situação epidemiológica da covid 19 no Brasil 05.06.2021

Boletim situação epidemiológica da covid 19 no Brasil 05.06.2021 – Mistério da Saúde

O balanço sistematiza as informações coletadas por secretarias estaduais de Saúde sobre casos de covid-19 e mortes provocadas pela doença.

No total, o número de pessoas contaminadas pelo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 16.841.408. O Brasil tem ainda 1.130.874 casos ativos, em acompanhamento. Com as mortes confirmadas no último balanço, o número total de óbitos alcançou 470.842.

Ainda há 3.918 falecimentos em investigação. O termo é empregado pelas autoridades de saúde para designar casos em que um paciente morre, mas a causa continua sendo apurada mesmo após a declaração de óbito.

O número de pessoas que pegaram covid-19 e se recuperaram desde o início da pandemia chegou a 15.239.692. Isso corresponde a 90,5% do total dos infectados pelo vírus.

Leia Também:  Amparo faz lockdown aos finais de semana para conter covid-19

Estados

São Paulo é o estado com maior número de mortes por covid-19: 113.474). Em seguida, vêm Rio de Janeiro (51.419), Minas Gerais (41.418), Rio Grande do Sul (28.663) e Paraná (26.965).

Os estados com menos vidas perdidas para a pandemia são Roraima (1.649), Acre (1.682), Amapá (1.716), Tocantins (2.925) e Alagoas (4.820).

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Médica é nomeada para Secretaria de Enfrentamento à Covid-19

Publicados

em


O ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, nomeou nesta quinta-feira (17) a médica Rosana Leite de Melo como secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, do Ministério da Saúde. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

A médica especializada em cirurgia de cabeça e pescoço era diretora do Hospital Regional de Campo Grande, um centro de referência para o enfrentamento da covid-19 em Mato Grosso do Sul. 

Rosana é professora da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), servidora federal desde 2003 e já ocupou outros cargos no governo, como o de diretora da Divisão de Desenvolvimento na Educação em Saúde do Ministério da Educação, em 2017.

A infectologista Luana Araújo foi a primeira indicada ao cargo e chegou a participar do anúncio de criação da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, em maio, mas a nomeação não foi oficializada.

Em conversa com jornalistas, o ministro da Saúde, Marcelo Queirogo, cogitou para o cargo a atual coordenadora do Plano Nacional de Imunização (PNI), Francieli Fontana Fontineli, mas ao final acabou preferindo um nome de fora da pasta.

Leia Também:  Anvisa é reeleita para novo mandato em comitê internacional

A Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 foi criada em maio por meio de decreto presidencial, com o objetivo de coordenar as medidas de combate à pandemia.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA