ÁGUA BOA

Saúde

Covid-19: Campos do Jordão terá mais restrições nos fins de semana

Publicado em

Saúde


O município de Campos do Jordão, no interior paulista, terá mais  restrições para conter aglomerações no fim de semana. Com a aproximação da temporada de inverno, a cidade, que fica na Serra da Mantiqueira, tem temperaturas mais baixas e atrai muitos turistas. 

Segundo a prefeitura, alguns protocolos da fase vermelha serão acrescentados à fase de transição do Plano São Paulo para conter aglomerações no município, sobretudo nos fins de semana, e atuar no combate à pandemia.

Barreiras sanitárias serão ativadas às sextas-feiras. Restaurantes só poderão funcionar com 30% da capacidade de público e devem estar completamente fechados às 18h. A venda de bebidas alcoólicas estará proibida a partir das 18h, inclusive na modalidade take away (para retirada no local). 

O comércio em geral poderá funcionar até as 20h. Hotéis e pousadas podem receber no máximo 60% da capacidade de quartos. As medidas entram em vigor nesta sexta-feira (11).

O reforço da operação contará com apoio da Polícia Militar, da Vigilância Sanitária de São Paulo e da Comissão Especial de Fiscalização Epidemiológica. “A prefeitura adotará novo sistema de fiscalização e pretende fechar o cerco às empresas que insistem em descumprir as regras vigentes, principalmente restaurantes e bares localizados no Calçadão do Capivari”, diz o governo municipal em nota.

Leia Também:  Ministério da Saúde distribui aos estados mais 4 milhões de vacinas

O Calçadão do Capivari é um dos principais pontos turísticos de Campos do Jordão, reunindo as melhores lojas e restaurantes da cidade e atraindo muitos visitantes.

Aglomeração

No último fim de semana, com o feriado de Corpus Christi, imagens nas redes sociais mostram as ruas lotadas, especialmente o Calçadão do Capivari.

Balanço da prefeitura informa que a Polícia Civil encerrou 16 eventos e impediu que 13 começassem. A fiscalização autuou 19 pessoas por infração ao Artigo 268 do Código Penal, que trata de infringir determinação do poder público para introdução ou propagação de doença contagiosa.

O levantamento mostra ainda que o Centro de Operações da Polícia Militar registrou 330 atendimentos até as 18h do dia 6 de junho. Doze pessoas foram presas por crimes como porte de drogas, violência doméstica, embriaguez ao volante e por terem mandado de prisão. A solicitação mais recorrente do período foi perturbação do sossego. 

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Brasil registra 78,7 mil novos casos de covid-19 e 2.037 mortes

Publicados

em


O Brasil registrou 78,7 mil novos casos de covid-19 e 2.037 mortes decorrentes da doença, em 24 horas. Os dados foram atualizados hoje (12) pelo Ministério da Saúde.

De acordo com levantamento diário, o Brasil acumula 17.374.818 casos confirmados da doença e 486.272 mortes registradas. O número de recuperados chegou a 15.761.177.

De acordo com o Ministério da Saúde, 3.816 casos estão em investigação.

Estados

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 3.499.577 casos e 117.887 óbitos. Em seguida estão Minas Gerais (1.678.558 casos e 42.872 óbitos); Rio Grande do Sul (1.148.015 casos e 29.613 óbitos) e Paraná (1.147.348 casos e 28.086 mortes).

Boletim epidemiologico 12.06.2021 Boletim epidemiologico 12.06.2021

Fonte: Ministério da Saúde

 

Edição: Kelly Oliveira

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Veja quantas vacinas cada cidade receberá esta semana em MT
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA