ÁGUA BOA

Saúde

Covid-19: mortalidade de gestantes é mais que o dobro da média no país

Publicado em

Saúde


As gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filhos há até 45 dias) registra uma taxa de letalidade de 7,2%, mais que o dobro da atual taxa de letalidade do país, que é de 2,8%. O dado faz parte do último Boletim do Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado nesta sexta-feira (4).

Segundo o boletim, um estudo sobre a pandemia nas Américas, publicado em maio pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), verificou que, entre janeiro e abril deste ano, houve um aumento relevante de casos em gestantes e puérperas, e de óbitos maternos por covid-19 em 12 países.

Os especialistas alertam ainda que as gestantes podem evoluir para formas graves da covid-19, com descompensação respiratória, em especial, aquelas que estão em torno de 32 ou 33 semanas de gestação. Em muitos casos, segundo os cientistas, há necessidade de antecipar o parto.

Esse quadro aumenta a preocupação em relação à disponibilidade de leitos de UTI adulto para essas mulheres e de leitos de UTI neonatal para os recém-nascidos, que podem ser prematuros. Os pesquisadores alertam que ambos precisam de cuidados especializados e imediatos. A partir de meados de 2020, começaram a ser publicados artigos sobre a morte de gestantes e puérperas por covid-19 no Brasil, alertando para a necessidade de preparação e organização de toda a rede de atenção em saúde.

Leia Também:  Lesões na pele podem ser indicativo de covid-19

De acordo como Observatório Obstétrico Brasileiro Covid-19, os óbitos maternos em 2021 superaram o número notificado em 2020. No ano de 2020, foram 544 óbitos em gestantes e puérperas por covid-19 no país, com média semanal de 12,1 óbitos, considerando que a pandemia se estendeu por 45 semanas epidemiológicas nesse ano. Até 26 de maio de 2021, transcorridas 20 semanas epidemiológicas, foram registrados 911 óbitos, com média semanal de 47,9 óbitos.

* Com informações da Fiocruz

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Brasil registra 78,7 mil novos casos de covid-19 e 2.037 mortes

Publicados

em


O Brasil registrou 78,7 mil novos casos de covid-19 e 2.037 mortes decorrentes da doença, em 24 horas. Os dados foram atualizados hoje (12) pelo Ministério da Saúde.

De acordo com levantamento diário, o Brasil acumula 17.374.818 casos confirmados da doença e 486.272 mortes registradas. O número de recuperados chegou a 15.761.177.

De acordo com o Ministério da Saúde, 3.816 casos estão em investigação.

Estados

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 3.499.577 casos e 117.887 óbitos. Em seguida estão Minas Gerais (1.678.558 casos e 42.872 óbitos); Rio Grande do Sul (1.148.015 casos e 29.613 óbitos) e Paraná (1.147.348 casos e 28.086 mortes).

Boletim epidemiologico 12.06.2021 Boletim epidemiologico 12.06.2021

Fonte: Ministério da Saúde

 

Edição: Kelly Oliveira

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  SP: Congonhas tem barreira sanitária para identificar cepa indiana
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA