ÁGUA BOA

Saúde

Covid-19: PF investiga fraude na compra de testes rápidos na Paraíba

Publicado em

Saúde


Kits de testes rápidos para detecção da covid-19, com sobrepreço potencial, por parte das prefeituras paraibanas de Caldas Brandão, Mamanguape, Cuité de Mamanguape, Alhandra, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz e Lagoa, nos anos de 2020 e/ou 2021 são o alvo da Operação Select, da Polícia Federal desta quinta-feira (9).

Sobrepreço

Segundo nota técnica elaborada pela Controladoria-Geral da União (CGU) – que participa da operação junto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público Federal -, uma empresa, que não era do ramo de insumos médicos até data próxima ao início da pandemia, firmou contratos com diversas prefeituras da Paraíba para fornecimento de testes rápidos para detecção da covid-19 com sobrepreço no valor devido de até 89% do preço contratado, causando prejuízos ao erário de aproximadamente R$ 2,8 milhões. Os recursos para compra desses testes são do Sistema Único de Saúde- SUS, para o enfrentamento da covid-19.

Leia Também:  Fiocruz avalia efetividade da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer

“A empresa investigada aparece como uma das maiores credoras de municípios paraibanos no ano de 2021 na condição de fornecedora de insumos médicos, embora desempenhasse sua atividade principal em ramo totalmente diverso deste até o início da pandemia”, acrescenta o documento.

Licitação

Ainda segundo a investigação, os produtos foram adquiridos por meio de procedimentos de dispensas de licitação, em tese, fraudados. Na ação, foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão na capital, João Pessoa, e nos municípios investigados. Com pareceres favoráveis da Procuradoria da República, eles foram expedidos pela 16ª Vara Federal de João Pessoa, 12ª Vara Federal de Guarabira (PB) e 8ª Vara Federal de Patos (PB).

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Covid-19: Brasil tem 21,2 milhões de casos e 590,5 mil mortes

Publicados

em


O número de mortes por covid-19 no Brasil subiu para 590.508. Em 24 horas, foram registradas 935 mortes.

Já o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 21.230.325. Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 150.106 novos casos.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (18). O balanço é produzido a partir de informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Há, ao todo, 359.523 pessoas com casos ativos da doença em acompanhamento por profissionais de saúde e 20.280.294 pacientes já se recuperaram.

Estados

Na lista de estados com mais mortes estão São Paulo (148.079), Rio de Janeiro (64.843), Minas Gerais (54.023) e Paraná (38.407). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.817), Amapá (1.969), Roraima (1.987) e Tocantins (3.735).

Em número de casos, São Paulo também lidera (4.350.223), seguido por Minas Gerais (2.110.768), Paraná (1.488.604) e Rio Grande do Sul (1.428.292).

Leia Também:  Aliança Nacional busca reduzir mortalidade materna e neonatal

Vacinação

De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, 220,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 foram aplicadas no país, sendo 141,2 milhões de primeiras doses e 79,3 milhões de segundas doses ou doses únicas.

Ainda segundo a pasta, foram distribuídas, até o momento, 267,6 milhões de doses aos estados e ao Distrito Federal. Desse total, 259,4 milhões já foram entregues e 8,2 milhões estão em processo de distribuição.

covid_18.09 covid_18.09

covid_18.09 – Ministério da Saúde

Edição: Paula Laboissière

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA