ÁGUA BOA

Saúde

DF libera vacinas contra HPV para mulheres até 45 anos e homens até 26

Publicado em

Saúde

O governo do Distrito Federal disponibilizou a vacina contra o vírus HPV para meninas e mulheres de 9 a 45 anos e para meninos e homens de 9 a 26 anos de idade. A disponibilidade ocorreu porque sobraram muitas doses na rede pública do DF, em virtude da queda na procura durante a pandemia. São cerca de 7,5 mil doses com vencimento na quarta-feira (11)

A lista de locais de vacinação contra o HPV está no site da secretaria. A vacinação contra o vírus, rotineiramente, atende a meninas de 9 a 14 anos e meninos de 9 a 11 anos, mas a aplicação em adolescentes e adultos também apresenta efetividade.

“Pacientes dessa faixa etária já tomavam a vacina contra o HPV, mas só grupos específicos, como aqueles com HIV e em tratamento de câncer”, afirma a gerente de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis e de Transmissão Hídrica e Alimentar da Secretaria de Saúde do DF.

HPV

O papilomavírus humano (HPV, na sigla em inglês) é uma infecção sexualmente transmissível extremamente comum e pode provocar desde verrugas genitais até neoplasias, como câncer no colo do útero, no pênis e na laringe.

Leia Também:  Resolução regulamenta telemedicina veterinária no país

A vacina que previne o HPV protege contra quatro tipos do vírus, dois de baixo risco e dois de alto risco. Os de baixo risco são encontrados em 90% dos condilomas genitais, também conhecidas como verrugas genitais. Já os de alto risco, a vacina protege contra os subtipos de HPV responsáveis por 70% dos casos de câncer do colo do útero.

*Com informações da Agência Saúde DF

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Brasil registra 18,5 mil novos casos e 53 mortes por covid-19

Publicados

em

O Ministério da Saúde divulgou hoje (3) novos números sobre a pandemia de covid-19 no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil registrou, em 24 horas, 18,5 mil novos casos e 53 mortes. 

Desde o início da pandemia, o país acumula 32,4 milhões de casos confirmados da doença e 671,9 mil mortes. Os casos de recuperados somam 30,9 milhões (95,1% dos casos). 

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados – 5,7 milhões – e 171 mil óbitos. Em seguida estão Minas Gerais (3,6 milhões de casos e 62,1 mil mortes); Paraná (2,6 milhões de casos e 43,8 mil óbitos) e Rio Grande do Sul (2,5 milhões de casos e 40 mil óbitos). 

De acordo com o levantamento, os estados do Maranhão, de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal não atualizaram hoje as informações sobre os números de óbitos em relação à última divulgação. 

Vacinação 

Segundo o Ministério da Saúde, 450 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas, sendo 177 milhões (primeira dose); 157 milhões (segunda dose), além de 94 milhões (dose de reforço) e 10 milhões (segunda dose de reforço). 

Boletim Epidemiológico Boletim Epidemiológico

Boletim Epidemiológico – 03/07/2022/Divulgação/ Ministério da Saúde

Leia Também:  Ministério viabiliza reajuste de salário para agentes de saúde

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA