ÁGUA BOA

Saúde

Moradores de MS participam de estudo de imunização contra a covid

Publicado em

Saúde


O Ministério da Saúde vai enviar 165,5 mil doses da vacina da Janssen contra a covid-19 para a realização de um estudo que visa a imunizar todos os moradores com mais de 18 anos de idade de 13 municípios de Mato Grosso do Sul que fazem fronteira com outros países.

A informação foi confirmada pelo governador do estado, Reinaldo Azambuja, esta manhã, ao chegar à Ponta Porã, onde acompanhará o presidente Jair Bolsonaro na inauguração de um radar de vigilância do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (Sisceab).

Os municípios sul-mato-grossenses que farão parte do estudo são Antônio João; Aral Moreira; Caracol; Corumbá; Bela Vista; Coronel Sapucaia; Japorã; Ladário; Mundo Novo; Paranhos; Ponta Porã; Porto Murtinho e Sete Quedas.

Em nota, o governo estadual explicou que a iniciativa faz parte da iniciativa batizada como Vebra Covid-19 (do inglês Vaccine Effectiveness in Brazil Against Covid-19), que reúne pesquisadores de instituições nacionais e internacionais e conta com o apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), que acontece também em outras regiões do país.

Leia Também:  Butantan entrega 1,2 milhão de doses da Coronavac ao governo federal

O estudo, realizado por pesquisadores do Vebra Covid-19, em abril, com 67.718 trabalhadores da área da saúde de Manaus, apontou que a vacina CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan e pela farmacêutica chinesa Sinovac, tem 50% de eficácia contra a variante P.1 da covid-19, identificada em Manaus e que se espalhou por outras unidades da federação.

Em Mato Grosso do Sul, a intenção é pesquisar a efetividade e o impacto da vacinação em massa na região de fronteira, avaliando a eficácia do imunizante da Janssen – de dose única – e seu impacto na redução do número de casos e da mortalidade da covid-19.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Covid-19: Em 24 horas, Brasil registra 910 mortes

Publicados

em


O total de vidas perdidas para a covid-19 subiu para 556.370. Em 24 horas, foram confirmadas 910 mortes em decorrência da doença. 

Já a soma de pessoas que pegaram covid-19 desde o início da pandemia foi para 19.917855. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde registraram 37.582 novos casos da doença. 

Ainda há 741.943 casos em acompanhamento. O nome é dado para pessoas cuja condição de saúde é observada por equipes de saúde e que ainda podem evoluir para diferentes quadros, inclusive graves.

O número de pessoas que se recuperaram da covid-19 chegou a 18.619.542

Os dados estão na atualização diária sobre a pandemia do Ministério da Saúde, divulgada pela pasta neste sábado (30). O balanço reúne os registros levantados pelas secretarias estaduais de saúde sobre casos e mortes relacionados à covid-19.

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão São Paulo (138.996), Rio de Janeiro (59.269), Minas Gerais (50.461), Paraná (35.233) e Rio Grande do Sul (33.334). Os estados com menos mortes são Acre (1.799), Roraima (1.855), Amapá (1.907), Tocantins (3.512) e Alagoas (5.809).

Boletim Epidemiológico 31/07/21 Boletim Epidemiológico 31/07/21

Boletim Epidemiológico 31/07/21 – 31/07/2021/Divulgação/Ministério da Saúde
Leia Também:  Vacina magnetizada? Microchips na injeção? Veja os fatos sobre vacinas

Vacinação

O Ministério da Saúde distribuiu 184,350 milhões de doses de vacina contra a covid-19, das quais 100,5 milhões foram aplicadas como primeira dose e 41,2 milhões como segunda dose ou dose única.

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA