ÁGUA BOA

Saúde

Prefeito de Duque de Caxias está internado após contrair covid-19

Publicado em

Saúde


O prefeito de Duque de Caxias (RJ), Washington Reis, está internado após contrair covid-19 pela segunda vez. Ele deu entrada ontem (8) no Hospital Copa D’Or, na capital fluminense, após sentir falta de ar. Um exame PT-PCR realizado na manhã de hoje (9) confirmou a infecção.

Reis havia deixado a cidade da baixada fluminense para participar de uma reunião na capital do estado. Ele começou a se sentir mal durante o encontro, que contou com a presença do governador Cláudio Castro e de outros prefeitos, incluindo o do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Após deixar a reunião, o prefeito de Duque de Caxias foi atendido inicialmente no Hospital Samaritano. Embora um primeiro exame tenha dado negativo para a covid-19, sua saturação estava baixa e ele foi internado no Hospital Copa D’Or.

Cláudio Castro ainda não anunciou se fará teste ou se adotará outras medidas. A Agência Brasil fez contato com o governo do estado, mas ainda não obteve um posicionamento. A prefeitura do Rio informou que Eduardo Paes já se submeteu a um exame e que o resultado foi negativo.

Leia Também:  Butantan lança laboratório móvel para sequenciar variantes em SP

Uma nota foi divulgada pela prefeitura de Duque de Caxias. “O prefeito Washington Reis, que tem 54 anos e comorbidades (hipertenso e diabético), tomou apenas a primeira dose da vacina respeitando o Programa Nacional de Imunizações (PNI). Ele tranquiliza parentes, familiares e amigos, informa que vai seguir o tratamento e que, em breve, estará junto a todos”, diz o texto.

Washington Reis havia sido infectado pela primeira vez no ano passado, quando também precisou de atendimento hospitalar. Em abril de 2020, ele ficou internado por cerca de duas semanas.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Ministério da Saúde fala sobre distribuição de vacinas para SP

Publicados

em


O Ministério da Saúde concede entrevista coletiva à imprensa nesta quarta-feira (4) sobre a distribuição de doses da vacina covid-19 ao Estado de São Paulo.

Na manhã de hoje, o governo de São Paulo divulgou que encaminhou ofício ao Ministério da Saúde informando ter recebido apenas metade das vacinas da Pfizer/BioNTech às quais o estado teria direito. Segundo o governo, São Paulo recebeu apenas 228 mil doses do imunizante, que chegaram nesta semana ao país, e o estado teria direito a 456 mil doses.

A distribuição de vacinas aos estados pelo Ministério da Saúde é proporcional ao quantitativo populacional. Estados mais populosos costumam receber mais doses de vacina. Como a população de São Paulo é composta por cerca de 46,3 milhões de pessoas, o estado costuma receber 22% do total de vacinas distribuídas pelo Ministério da Saúde.

Acompanhe a entrevista:

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Butantan lança laboratório móvel para sequenciar variantes em SP
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA