ÁGUA BOA

Saúde

Rio: calendário de vacinação avança para pessoas de 37 a 39 anos

Publicado em

Saúde


A vacinação contra a covid-19 na capital do Rio segue esta semana com a aplicação de primeira dose em pessoas com idade entre 37 e 39 anos. O calendário começa hoje (12) com mulheres com 39, amanhã serão os homens com a mesma idade.

Na quarta-feira (14), mulheres com 38 anos poderão se imunizar, e no dia seguinte os homens desta faixa etária. Na sexta-feira (16) poderão ser imunizadas com a primeira dose as mulheres com 37 anos, e no sábado os homens.

“O Rio inicia mais uma etapa muito importante de vacinação contra covid19. A faixa etária do trintou começa a ser vacinada”, postou ontem o secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, em seu perfil do Twitter.

Para as gestantes, puérperas, que são as mulheres que tiveram filho a até 45 dias, e as que estão amamentando, a Secretaria Municipal de Saúde reservou a quarta-feira (14) para elas receberem a vacina. Nesta semana, a pasta definiu que a repescagem está restrita às pessoas com deficiência, que podem procurar os postos de hoje até sábado.

A Prefeitura do Rio comemorou a meta atingida neste fim de semana, com 90% da população de 40 a 49 anos vacinada com a primeira dose. No sábado foram aplicadas 43.598 doses da vacina contra a covid-19. A prefeitura destacou que, agora, as pessoas precisam prestar atenção na caderneta de vacinação e voltar no dia da segunda dose.

Leia Também:  Pfizer pede inclusão em bula da indicação de vacina para crianças

Gripe

Já para a vacinação contra a gripe o calendário foi prorrogado até o dia 30 de agosto. A partir de quarta-feira, a vacina será estendida para a população em geral de seis meses a 60 anos que pode comparecer às unidades de Atenção Primária, como as Clínicas da Família e os Centros Municipais de Saúde para receber o imunizante. Para evitar aglomerações nas unidades de saúde, deve ser observado o escalonamento por faixas etárias.

Conforme o calendário, de hoje ao dia 28 de julho serão vacinadas contra a gripe, pessoas de seis meses a 17 anos. Entre 21 e 30 de julho para a faixa de 51 a 60 anos. De 28 de julho a 10 de agosto de 41 a 50 manos. Entre 10 e 18 de agosto são as pessoas de 31 a 40 anos e de 18 a 30 de agosto de 18 a 30 anos.

Até a quarta-feira, continua a imunização exclusiva para os grupos prioritários como idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos, gestantes e puérperas, indígenas e quilombolas, pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente. E também, para os trabalhadores da saúde e da educação, caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo e de longo percurso, portuários, população privada de liberdade, adolescentes sob medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional, forças de segurança e salvamento e Forças Armadas.

Leia Também:  Covid-19: Rio suspende primeira dose de vacina

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde quem tomou a vacina contra a covid-19 deve aguardar 14 dias para se vacinar contra a gripe.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Covid-19: casos sobem para 19,98 milhões e mortes, a 558,4 mil

Publicados

em


O total de pessoas que pegaram covid-19 desde o primeiro caso, em fevereiro do ano passado, subiu para 19.985.317. Em 24 hora, desde o boletim divulgado ontem (2) foram registrados 32.316 novos casos da doença. 

03/08/2021 - Boletim Covid-19 do Ministério da Saúde 03/08/2021 - Boletim Covid-19 do Ministério da Saúde

03/08/2021 – Boletim Covid-19 do Ministério da Saúde – 03/08/2021/Divulgação Ministério da Saúde

Ainda há 680.520 casos de covid-19 em acompanhamento. O nome é dado para pessoas cuja condição de saúde é observada por equipes de saúde e que ainda podem evoluir para diferentes quadros, inclusive graves.

As vidas perdidas em razão da covid-19 foram a 558.432. Entre ontem e hoje, secretarias estaduais de saúde confirmaram 1.209 mortes pela doença. 

Os dados estão na atualização desta terça-feira (3) do Ministério da Saúde. O balanço sistematiza os registros levantados pelas secretarias estaduais de saúde sobre casos e mortes relacionados à covid-19.

O número de pessoas que se recuperaram da covid-19 chegou a 18.746.865.

Os dados em geral são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação do sistema pelas secretarias estaduais. Já às terças-feiras os resultados tendem a ser maiores pela regularização dos registros acumulados durante o fim-de-semana.

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão São Paulo (139.464), Rio de Janeiro (59.487), Minas Gerais (50.639), Paraná (35.417) e Rio Grande do Sul (33.415). Os estados com menor número de óbitos são Acre (1.802), Roraima (1.858), Amapá (1.914), Tocantins (3.537) e Alagoas (5.845). Tanto Acre como Roraima não registraram novas mortes entre ontem e hoje.

Vacinação

O Ministério da Saúde distribuiu 184,4 milhões de doses de vacina contra a covid-19 para todos os estados e o Distrito Federal. Destas, foram aplicadas 101 milhões como primeira dose e 41,5 milhões como segunda dose ou dose única.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ocupação de leitos cai de 96% para 77% na cidade do Rio de Janeiro
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA