ÁGUA BOA

Saúde

Vacina de reforço será diferente da tomada anteriormente no RJ

Publicado em

Saúde


A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ) prevê que as doses de reforço contra covid-19 começarão a ser aplicadas em setembro para idosos, avançando gradativamente até os 60 anos. A campanha deve começar por idosos com mais de 90 anos e pelos que vivem em instituições de longa permanência e também vai incluir pacientes imunossuprimidos.

Segundo o planejamento da pasta, será usado esquema de vacinação heterólogo na terceira dose, o que significa que a vacina usada será sempre diferente das doses anteriores.

“O esquema prevê que as pessoas que tomaram a primeira e a segunda doses da Pfizer recebam a dose de reforço de AstraZeneca. Quem foi imunizado com a Jannsen ou AstraZeneca deverá receber o reforço com a vacina Pfizer. Os idosos e imunossuprimidos vacinados com a CoronaVac poderão receber a nova dose das vacinas Janssen, AstraZeneca ou Pfizer”, explica nota da SES-RJ.

A secretaria afirma que aguarda nota técnica do Ministério da Saúde quanto às recomendações para a aplicação da dose de reforço. Nesta semana, o ministro Marcelo Queiroga anunciou que a dose de reforço será para idosos de mais de 70 anos, e que o imunizante a ser usado será o da Pfizer.

Leia Também:  Covid-19: Rio vacina hoje idosos com 90 anos ou mais

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Covid-19: Brasil tem 21,2 milhões de casos e 590,5 mil mortes

Publicados

em


O número de mortes por covid-19 no Brasil subiu para 590.508. Em 24 horas, foram registradas 935 mortes.

Já o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 21.230.325. Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 150.106 novos casos.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (18). O balanço é produzido a partir de informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Há, ao todo, 359.523 pessoas com casos ativos da doença em acompanhamento por profissionais de saúde e 20.280.294 pacientes já se recuperaram.

Estados

Na lista de estados com mais mortes estão São Paulo (148.079), Rio de Janeiro (64.843), Minas Gerais (54.023) e Paraná (38.407). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.817), Amapá (1.969), Roraima (1.987) e Tocantins (3.735).

Em número de casos, São Paulo também lidera (4.350.223), seguido por Minas Gerais (2.110.768), Paraná (1.488.604) e Rio Grande do Sul (1.428.292).

Leia Também:  Covid-19: Brasil registra 21 milhões casos e 589,5 mil mortes

Vacinação

De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, 220,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 foram aplicadas no país, sendo 141,2 milhões de primeiras doses e 79,3 milhões de segundas doses ou doses únicas.

Ainda segundo a pasta, foram distribuídas, até o momento, 267,6 milhões de doses aos estados e ao Distrito Federal. Desse total, 259,4 milhões já foram entregues e 8,2 milhões estão em processo de distribuição.

covid_18.09 covid_18.09

covid_18.09 – Ministério da Saúde

Edição: Paula Laboissière

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA