ÁGUA BOA

POLITICA

Senador acredita que pavimentação de trecho da BR-158 deve ter início neste ano

Publicado em

Vale do Araguaia

Wellington Fagundes lembrou que início das obras depende da emissão de uma Licença de Instalação (LI)

O senador Wellington Fagundes (PL) disse ter expectativas de que as obras de pavimentação do contorno leste da BR-158 sejam iniciadas ainda neste ano. A declaração foi feita em entrevista ao Semana7, durante recente vistoria do governador Mauro Mendes (UB) e comitiva às obras da ponte do Rio das Mortes, entre Cocalinho e Nova Nazaré.

A BR-158 é um corredor logístico para escoamento da safra até os portos da região norte do país e o início das obras no trecho conhecido como contorno leste – legalmente fora do traçado da reserva indígena Marãiwatsédé – depende da emissão da Licença de Instalação (LI), a qual está condicionada à aprovação final do Projeto Básico Ambiental (PBA), junto ao IBAMA.

Wellington lembrou que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já tem licitado o lote ‘A’, no trecho entre Porto Alegre do Norte, Luizinho, Pontinópolis e Alto Boa Vista, e trabalha para a licitação do lote ‘B’, entre os municípios de Alto Boa Vista, Serra Nova Dourada e Alô Brasil.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre 23 mandados para apurar arremessos de drogas e outros objetos em penitenciárias

Ainda de acordo com o senador, a obra da ponte sobre o rio Araguaia, na BR-080, em Luiz Alves (GO) também está perto de ser concluída e contribuirá para o desenvolvimento da região. Ele também comentou sobre a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) ligará a cidade de Mara Rosa (GO) a Água Boa (MT).

“Esta região [Araguaia], com certeza, o desenvolvimento nos próximos anos será muito grande. Por isso, eu sempre tenho dito que quem quiser comprar, compre logo. E quem puder não vender, não venda! Porque aqui será a região de maior valorização do Brasil”, disse Fagundes.

Olho no Araguaia – Semana 7

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Vale do Araguaia

Caminhoneiros realizam reparos para conseguirem trafegar sobre ponte na MT-322 próximo a São José do Xingu

Publicados

em

Mato Grosso segue como o primeiro estado brasileiro produtor de grãos, respondendo por quase 28% da safra nacional de grãos, estimada em 241,3 milhões de toneladas e por 61,15% do total previsto para a região Centro-Oeste de 110,2 milhões de toneladas. Conclusão, o estado mantém a liderança nacional na produção de soja, milho e algodão (tanto em caroço quanto em pluma).

No entanto, a falta de infraestrutura em alguns pontos da região Araguaia é um dos problemas mais apontados pelos caminhoneiros que trafegam pelas rodovias de MT, como é o caso da MT-322, próximo a São José do Xingu, onde as condições da ponte próximo ao Posto Pituca, tem preocupado os guerreiros da estrada, que constantemente dependem da utilização desta rodovia.

Em um vídeo gravado por um caminhoneiro na última quinta-feira (23), o mesmo pede um olhar dos representantes políticos, voltado para esse enfoque, pois de acordo com o condutor, a ponte está caindo e a trafegabilidade está cada dia mais difícil, e para conseguirem trafegar sobre a ponte, os reparos quem estão fazendo são os próprios caminhoneiros.

Leia Também:  Água Boa, Canarana e Querência ultrapassam 50 mil eleitores

Liberdade FM – Agência da Notícia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA